Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

13/12/2006 09:35

Net - Cidadão poderá acompanhar uso do dinheiro público

Júliane Sacerdote, de Brasília

Qualquer cidadão que tenha acesso à internet pode acompanhar o uso do dinheiro público. O endereço www.portaldatransparencia.gov.br foi reformulado nesta semana e agora traz as informações de maneira mais clara e objetiva, sem necessidade de cadastro ou senha para consulta. A página existe desde 2004 e já registra mais de 433 milhões de acessos.

O ministro Jorge Hage, da Controladoria Geral da União (CGU), explicou que as reformulações incluem informações sobre a forma correta de consulta. “Temos agora a sessão explicativa, para o cidadão entender termos como 'transferências voluntárias', 'convênios', entre outros. Ainda existem explicações de cada programa do governo. Assim, o cidadão tem orientações para se tornar um fiscal do dinheiro público”, disse.

Hage acrescentou que o cidadão brasileiro tem o direito de saber como o governo gasta o dinheiro arrecadado com os impostos, e deve acompanhar esse processo. “As contas do governo não são nenhuma caixa preta. O governo federal está expondo, por exemplo, todos os convênios desde 1996 até hoje. E todos os valores repassados a cada entidade beneficiada com cada convênio. Não se tem nada a esconder. Queremos transparência absoluta”, enfatizou.

Entre as novidades da página está a Consulta por Favorecidos, que permite saber de forma detalhada a circulação dos recursos públicos federais entre empresas, órgãos federais e cidadãos. Bastar digitar o nome ou o CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou ainda o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) para obter as informações.

Também é possível pesquisar os valores das diárias pagas aos funcionários públicos, quando viajam a serviço do governo federal. E conhecer toda a destinação do dinheiro público em programas como o Bolsa Família, tanto nacional quanto local, além de valores e datas de repasses aos estados e municípios.

As informações sobre os recursos destinados aos municípios em áreas especificas – saúde e educação, por exemplo – são atualizadas mês a mês, acrescentou o ministro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)