Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/01/2006 08:16

Nepotismo:Ministério Público Federal demitiu apenas dois

Ana Paula Marra/ABr

Mesmo com o fim, na sexta-feira, do prazo legal para que todos os parentes até terceiro grau, cônjuges e companheiros de procuradores e promotores de Justiça deixassem as funções comissionadas no âmbito de qualquer órgão do Ministério Público da União e dos Estados, no Ministério Público Federal, por exemplo, só dois funcionários foram exonerados até agora.

As demissões estão previstas na Resolução n° 1 do Conselho Nacional do Ministério Público. Em 7 de novembro do ano passado, o conselho baixou norma proibindo a prática de nepotismo entre procuradores e promotores de Justiça. A partir desta data, todos os parentes até terceiro grau, cônjuges ou companheiros ocupantes de cargos comissionados e funções gratificadas deveriam ser exonerados no prazo de 60 dias.

A assessoria de imprensa do Ministério Público Federal informou que a instituição ainda não concluiu o processo de levantamento do nepotismo porque alguns funcionários ainda não responderam ao questionário sobre o possível parentesco dos servidores com procuradores. De acordo com a assessoria, para conseguir concluir o processo, o ministério já encaminhou nova correspondência a esses funcionários e deu prazo até 6 de fevereiro para que respondam ao questionário.

O Conselho Nacional de Justiça, órgão do Judiciário, também baixou uma a Resolução nº 7, em 14 de novembro, proibindo a prática do nepotismo, com prazo legal para exoneração no dia 14 de fevereiro. Segundo a norma, 90 dias após este prazo devem ser exonerados de cargos comissionados e funções gratificadas os parentes até terceiro grau, cônjuges e companheiros de magistrados e de servidores que ocupam postos de direção no Poder Judiciário em todo o país.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)