Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/11/2007 19:04

Negado pedido de relaxamento da prisão de Suzane

STF

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) aplicou, nesta quinta-feira (22), a Súmula 606 para negar provimento a recurso de agravo regimental interposto pela defesa de Suzane von Richthofen contra decisão do ministro Celso de Mello que arquivou o Habeas Corpus (HC) 92996. Nesse HC, a defesa de Suzane contestava decisão da Primeira Turma do STF, que lhe negara pedido de relaxamento da prisão preventiva formulado no HC 89218.

A Súmula 606 dispõe que “não cabe habeas corpus originário para o Tribunal Pleno de decisão de Turma ou do Plenário, proferida em habeas corpus ou no respectivo recurso”. Em seu voto, acompanhado pelos demais ministros presentes à sessão, Celso de Mello disse que a jurisprudência do STF admite até a possibilidade de decisão monocrática de um ministro ser contestada por HC, porém descartou qualquer possibilidade de mudança na Súmula 606.

Lembrou, a propósito, que essa súmula foi confirmada num julgamento realizado em agosto deste ano, por todos os ministros, exceto Carlos Alberto Menezes Direito, que ainda não havia assumido sua cadeira no STF. Imediatamente, o ministro Direito, ao endossar o voto de Celso de Mello, disse concordar inteiramente com o enunciado da súmula.

Em julho de 2006, Suzane von Richthofen foi condenada pelo 1º Tribunal do Júri de São Paulo a 39 anos de reclusão e seis meses de detenção por ter participado do homicídio de seus pais Manfred e Marísia von Richthofen, crime ocorrido em 2001 e que teve grande repercussão nacional.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)