Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/04/2007 08:27

Negado habeas corpus a deficiente físico

STF

O ministro Sepúlveda Pertence, relator no Supremo Tribunal Federal (STF) do Habeas Corpus (HC) 90995, indeferiu liminar no pedido impetrado por A.R.B.F, portador de deficiência física. A defesa contestava a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que negou o HC impetrado, onde pedia que fosse reconhecida extinção de punibilidade.

Ele foi condenado à pena de dois anos de reclusão em regime aberto por estar guardando em seu quarto uma pistola calibre 9 milímetros municiada com nove cartuchos. A.R.B.F foi denunciado em 2003 como incurso nas penas do artigo 10 da Lei 9.437/97. A defesa alegava que o delito de porte de arma previsto na lei fora abolido pela Lei 10.826/03, que estabeleceu que as armas de fogo não registradas fossem entregues à Polícia Federal.

O advogado impetrou HC no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e no STJ, em ambos teve o pedido negado. Para o advogado, "houve constrangimento ilegal contra o paciente pelo fato de estar sendo processado e condenado em primeira instância pela conduta de posse irregular de arma de fogo de uso restrito".

Ao negar o pedido, o ministro Sepúlveda Pertence entendeu que o prazo legal estipulado para a regularização das autorizações concedidas não configura vacatio legis, ou seja, período intermediário entre a data de publicação da lei e de sua efetiva vigência. Portanto, para o ministro, o fato foi configurado como crime de porte de arma de fogo por pessoa não autorizada.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)