Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

05/02/2008 21:06

Negada liminar a jovem que tentou matar 2 em São Gabriel

Nadyenka Castro/Campo Grande News

O desembargador João Batista da Costa Marques, da 1ª Vara Criminal, negou na sexta-feira (1º de fevereiro), liminar em hábeas corpus impetrada por Pedro Menuci, 19 anos. Ele é acusado de tentativa de homicídio em São Gabriel do Oeste, a 149 quilômetros de Campo Grande, e foi preso em Itapema, litoral de Santa Catarina dia 29 de janeiro.

A defesa dele tentou coloca-lo em liberdade, mas a Justiça negou o pedido. Pedro deve ser transferido para Campo Grande nesta semana.

Ele atropelou Amilton Balbino e Valderi Morbeque Matos por volta de 3 horas do dia 15 de dezembro em uma estrada vicinal do município. O jovem, as duas vítimas e um adolescente tinham recém saído de uma boate.

Pedro conduzia um Golf de cor prata e tinha o adolescente como passageiro. Ele decidiu seguir Amilton e Valderi que estavam em uma motocicleta. As duas vítimas entraram na estrada vicinal, Pedro deu luz alta com o carro e todos pararam.

Após uma discussão e um suposto entendimento, os quatro seguiram. No entanto, Pedro decidiu matar Amilton e Valderi. O adolescente relatou à polícia que a intenção de Pedro era matar os dois.

Ele bateu o carro na moto, entrou em uma lavoura de soja, retornou, e quando as duas vítimas já estavam caídas, passou por cima e foi embora. Amilton e Valderi ficaram gravemente feridos. Pedro estaria embriagado.

Após a tentativa de homícidio, que aconteceu na madrugada de sábado, ele ficou de se apresentar à polícia, mas não compareceu. Na segunda-feira após o crime foi decretada a prisão preventiva dele.

Os advogados dele entraram com pedido de habeas corpus em caráter liminar, que foi concedida pelo desembargador João Batista da Costa Marques, dia 19 de dezembro. O desembargador alegou que não havia recebido todas as informações sobre o caso.

O MPE (Ministério Público Estadual) entrou com agravo regimental. O hábeas corpus foi julgado e a defesa perdeu por unanimidade, seguindo parecer do MPE. Com isso a liminar foi cassada e expedido um novo mandado de prisão. Pedro alegou que estava fazendo tratamento psicológico, mas a Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, responsável pelas investigações, descobriu que ele estava na praia. Fez contato com a polícia da cidade, e Pedro foi preso.

Ele foi denunciado em 10 de janeiro pelo crime de tentativa de homicídio. O interrogatório está marcado para 17 de junho.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)