Cassilândia, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

05/12/2014 16:19

Negada apelação a condenado por tráfico de drogas em presídio

TJMS

Os desembargadores da 2ª Câmara Criminal, por unanimidade, negaram provimento à apelação criminal interposta por N.R. da S. contra a sentença que o condenou a seis anos e cinco meses de reclusão, em regime inicial fechado, mais o pagamento de 650 dias-multa, por infração ao art. 33, caput, e art. 40, II, da Lei 11.343/206 (tráfico de drogas).

O apelante requer a reforma da sentença, lutando pela aplicação da causa de diminuição de pena prevista no art. 3, § 4º, da Lei 11.343/206.

A denúncia narra que no dia 3 de março de 2014, por volta das 14h30, no estabelecimento penal de Aquidauana, foram encontrados 42 invólucros de maconha, sem autorização e em desacordo com a determinação legal e regulamentar.

Na data e local dos fatos, durante a liberação dos internos para o setor da cozinha, os agentes penitenciários notaram que N.R. da S. apresentava comportamento suspeito e, em razão disso, os agentes solicitaram que os acompanhasse até o banheiro, para busca pessoal.

De acordo com o processo, o réu recusou-se a retirar a roupa para revista, mas logo disse que estava com um flagrante. Correu até o vaso sanitário, jogou o objeto que carregava e acionou a descarga, em uma tentativa de se livrar do material que levava consigo, mas foi impedido pelos agentes, que recuperaram a embalagem plástica.

O Des. Luiz Gonzaga Mendes Marques, relator do processo, aponta que, para avaliar se é cabível a aplicação da causa de diminuição da pena, é necessário analisar as circunstâncias em que o crime de tráfico de drogas se desenvolveu, isto é, se ele foi realizado de forma isolada, eventual, ou em um contexto de habitualidade.

O relator explica que a minorante prevista no § 4º do art. 3 da Lei de Drogas se destina ao agente que, a despeito de ter praticado conduta relacionada ao tráfico de drogas, não se dedique à traficância e, quando houver dedicação à atividade criminosa, não cabe a aplicação da causa de diminuição.

Em seu voto, ele citou parte da decisão de primeiro grau: “O acusado cumpre pena por tráfico e continua na traficância. Assim, diante da existência de provas no sentido de que é dado ao cometimento de crimes, tem-se que não é cabível a causa de diminuição prevista no § 4º, do art. 3 da Lei de Drogas”.

“Com enfoque nessa situação, pode-se concluir que o apelante não faz jus à causa de diminuição de pena prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/06, relacionada ao tráfico privilegiado, pois não preenche, de forma cumulativa, todos os requisitos necessários à concessão dese benefício. Diante do exposto, com o parecer, nego provimento ao recurso”.

Processo nº 0001191-70.2014.8.12.0005

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
13:30
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)