Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/07/2007 14:50

Natação brasileira cumpre meta e bate recorde

A natação brasileira prometeu e cumpriu. Neste domingo, a esquadra verde-amarela encerrou a disputa no Parque Aquático Maria Lenk com a melhor participação da história em Jogos Pan-americanos com nada menos que 27 medalhas, doze delas ouro, seis pratas e nove bronzes.

Em termos quantitativos, este recorde era de Santo Domingo-2003, com 21 medalhas. Já em qualidade, o recorde ficava com Winnipeg-1999, com sete ouros, três pratas e cinco bronzes.

Principais apostas da comissão técnica, Thiago Pereira e César Cielo confirmaram a expectativa e assumiram o papel de substitutos de Gustavo Borges e Fernando Scherer como principais nomes da modalidade na atualidade apostas para as Olimpíadas de Pequim-2008.

Aspirante a sete ouros, Thiago Pereira parou nos seis, mas conseguiu superar o norte-americano Mark Spitz como maior vencedor em uma mesma edição dos Jogos. Além disso, também bateu a marca de Xuxa, que tinha cinco ouros em uma mesma competição pan-americana. Ao todo, ele somou oito medalhas com um bronze e uma prata nas duas últimas provas.

César Cielo também não decepcionou. Além do segundo ouro nos 50m livre com 21s84, o nadador ficou a apenas dois décimos de segundo do recorde mundial que pertence ao russo Alexandr Popov. A marca é bem melhor que a do norte-americano Benjamin Wildman-Tobriner, ouro no Mundial de Melbourne com 21s88, competição em que o brasileiro ficou em sexto com 22s12. O resultado, no entanto, rendeu a Cielo o recorde pan-americano e sul-americano. Ele ainda liderou os 100m livre, ajudou o 4x100m livre vencer e levou prata no 4x100m medley.

Outro que não pode ser desprezado é Kaio Márcio. Especialista em borboleta, ele conquistou a medalha dourada nos 100 e 200m do estilo e ainda integrou a prata do 4x100m medley.

Entre as mulheres, Rebeca Gusmão se sagrou como principal nome. A velocista deu ao Brasil a primeira medalha de ouro feminino com a vitória nos 50m livre, superando a favorita Flávia Delaroli, depois venceu também os 100m livre, e ainda levou a prata nos 4x100m livre e bronze nos 4x100m medley.

Na competição houve também espaço para os índices olímpicos. Além dos conquistados por Rebeca e Delaroli nos 50m livre, Nicholas dos Santos também garantiu sua vaga na mesma prova.


Por Gazeta Esportiva

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)