Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/02/2005 16:16

Nascidos por inseminação podem vir a ter acesso a dados

Agência Câmara

As pessoas nascidas por inseminação artificial com a doação de gametas poderão ter acesso a todas as informações sobre os doadores e a mãe biológica, se o Projeto de Lei 4686/04 for aprovado pelo Congresso Nacional.
A proposta de autoria do deputado José Carlos Araújo (PFL-BA), obriga as instituições de saúde com licença para realizar reprodução assistida a manter em arquivo sigiloso todas as informações relativas ao processo, às identidades do doador e da pessoa nascida por processo de inseminação artificial dita heteróloga (quando ocorre a doação de gametas para a fecundação).

Direitos
Embora possa ter acesso aos dados, a pessoa nascida por esse processo não terá vínculos civis com o pai ou a mãe biológicos, não gerando, por exemplo, direitos sucessórios. O projeto prevê que os indivíduos concebidos por essa técnica de reprodução assistida também não poderão ter direito a alimentos em relação aos seus pais biológicos mesmo sabendo quem são. "O conhecimento da origem genética mostra-se imprescindível, já que, com o avanço inconteste da engenharia genética, é possível saber com segurança a identidade genética do ser humano. Mas isso não modifica em nada as relações jurídico-familiares que tal indivíduo possui com seus pais e sua família afetiva", argumenta o deputado.

Tramitação
O projeto tramita apensado (ou seja, tramita junto) ao PL 120/03, do deputado Roberto Pessoa (PFL-CE), que trata do mesmo tema. Os dois textos estão apensados ao PL 1184/03, do Senado, que aborda a temática de maneira mais geral, definindo normas para realização de inseminação artificial e fertilização in vitro e proibindo a gestação de substituição (a chamada "barriga de aluguel").
As propostas serão analisadas pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, o tema será votado pelo Plenário.
Leia mais:

Reportagem - Eduardo Piovesan
Edição - Rodrigo Bitta

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)