Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

14/05/2016 12:30

Nasce em Rio Preto bebê com microcefalia; o primeiro após o surto de Zika

Diário da Região

Rio Preto entra no mapa nacional da microcefalia, feito pelo Ministério da Saúde. Um bebê rio-pretense teve microcefalia e/ou malformações por conta de um agente infeccioso e esse agente pode ser o zika, vírus que está associado a uma epidemia de microcefalia no Brasil. A confirmação foi feita pela Secretaria Estadual de Saúde, nesta sexta-feira, 13. O caso de Rio Preto está sob investigação para que seja descoberto o que provocou a microcefalia ou malformação.

Já se sabe que os problemas no bebê foram causados por um agente infeccioso, porém a doença pode ser ocasionada por diversos agentes além do zika, como sífilis, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus e herpes viral. O caso do bebê rio-pretense, que não teve o nome e nem detalhes de sua doença divulgados, está entre os oito do Estado de São Paulo contabilizados no Informe Epidemiológico, divulgado na última quarta-feira, 11. Os outros são em Arujá, Diadema, Estiva Gerdi, Guarulhos, Ribeirão Preto, São Carlos e São Paulo.

Desses nove casos, apenas no paciente de Guarulhos foi confirmada a microcefalia por zika vírus, mas com local provável de infecção em outro Estado. Nos outros, as causas ainda não foram definidas. Em todo o Brasil, foram contabilizados 1.326 casos de microcefalia em 484 municípios, localizados em 25 unidades da federação. Não existe registro de confirmação apenas nos Estados do Acre e de Santa Catarina. Desses casos, em 205 os bebês estavam com o zika. A confirmação foi feita por critério laboratorial específico para o vírus.

Vírus que está associado a uma epidemia de microcefalia e outros defeitos neurológicos em bebês nascidos no Brasil, o zika já infectou pelo menos 83 pessoas em Rio Preto. O número, porém, pode ser maior, já que os sintomas da doença costumam ser leves e em cerca de 80% dos casos as pessoas não desenvolvem manifestações clínicas. Dos 83 casos confirmados, 12 são em gestantes. Todas elas são acompanhadas pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com a pasta, em seis casos os bebês já nasceram e não apresentaram nenhum tipo de problema.

Outras seis continuam sendo acompanhadas. Em Fernandópolis, foi confirmado nesta sexta-feira o terceiro caso de zika. A paciente é uma mulher de 26 anos que está na 35ª semana de gestação. Os outros dois casos notificados também são em grávidas. Outra cidade da região que teve registro de zika é Votuporanga. A vítima foi uma mulher de 22 anos, que estava grávida e deu à luz uma menina saudável. No total, já foram notificados 217 casos autóctones de zika e outros 29 importados no Estado de São Paulo.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)