Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/08/2007 19:34

Narcotraficante colombiano deve chegar neste sábado a MS

Alessandro Perin/Campo Grande News

O narcotraficante colombiano Juan Carlos Ramirez-Abadía, de 44 anos, deve ser transferido neste sábado para o Presídio Federal de Campo Grande. Ele está em uma cela da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo.

O superintendente da PF em São Paulo, Jaber Saadi, teme que o narcotraficante seja resgatado da unidade. A transferência, pedida pelo juiz substituto da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, Márcio Rachid Milani, foi encaminhada ao Depen (Departamento Penitenciário Nacional).

O órgão confirmou que existem vagas em Mato Grosso do Sul e repassou o pedido ao juiz da 3ª Vara Federal de Campo Grande, Odilon de Oliveira, que também é o titular da Vara de Execução Penal do Presídio Federal de MS.

Odilon pediu parecer da transferência ao MPF (Ministério Público Federal), que emitiu parecer favorável a transferência, em razão do preso preencher todos os requisitos necessários para ocupar uma das celas do Presídio Federal.

O juiz já autorizou a transferência e comunicou ao Depen e a Polícia Federal, que será encarregada de montar o esquema de segurança para fazer o transporte do mega-traficante de São Paulo, para Campo Grande.

Abadia deve permanecer em Campo Grande até ser extraditado. Ele foi preso na última terça-feira pela Polícia Federal em um condomínio de luxo em Aldeia da Serra, em Barueri, na Grande São Paulo, durante uma operação contra uma quadrilha internacional de narcotráfico e lavagem de dinheiro.

(Com informações do portal G1)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)