Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/08/2015 19:00

Namoro no ambiente de trabalho. E agora?

Catho

Um profissional passa em média nove horas por dia em seu ambiente de trabalho, se considerar o tempo gasto no trânsito e a hora de dormir, é fácil afirmar que os colegas de trabalho são as pessoas mais próximas de um profissional durante a semana. Ao analisar este contexto, é fácil identificar porque é tão comum a formação de casais nas organizações. Quem não conhece ao menos uma história?

Cada vez mais, o assunto é tratado pelas empresas com a normalidade que a situação exige, porém, os profissionais devem conhecer os limites de exposição e manter a postura. As empresas podem aceitar que seus colaboradores tenham uma relação, mas é preciso que o casal saiba se comportar.

Uma boa forma de lidar com esta situação dentro da organização é saber separar profissional do pessoal, o casal não deixará de “ser um casal”, mas deve assumir uma postura profissional e se comportar como quaisquer outros colaboradores. Levar brigas pessoais para o ambiente de trabalho, demonstrações de afeto pelos corredores ou de ciúmes, por exemplo, são comportamentos que jamais devem ser apresentados.

“O casal deve se preservar ao máximo na organização. A relação dentro da empresa tem que ser profissional, pois isso pode impactar na credibilidade de seus trabalhos. Em um happy hour ou em alguma ocasião mais descontraída, podem estar juntos (e até mesmo ficar de mãos dadas), mas jamais exagerar com as demonstrações públicas de carinho”, explica a especialista em gestão estratégica de pessoas, sócia e palestrante da AlleaoLado Alessandra Ferreira.

Muitos casais, por medo de exposição, acabam escondendo o envolvimento, afinal quanto mais discrição melhor, no entanto, esconder o relacionamento pode não ser uma boa ideia. A partir do momento em que a relação se torna séria, a melhor maneira de lidar com a situação é conversando com superiores. Uma mentira pode ser descoberta e possivelmente deixará o casal em situação crítica.

Qual deve ser a postura das organizações que possuem casais em seu quadro de funcionários?

O novo modelo de gestão das empresas incentiva a humanização do ambiente de trabalho, por isso, as organizações devem encarar relacionamentos como algo normal. Proibir envolvimentos entre funcionários pode não ser o ideal, pois gera tensão e clima insatisfatório entre o público interno.

Segundo Alessandra Ferreira, o ideal é que as organizações criem regras de convivência e de comportamento no ambiente de trabalho. Além disso, os gestores devem ser orientados a lidarem com casais de forma natural e, ao mesmo tempo, transmitir os direcionamentos da empresa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)