Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/09/2013 14:30

Namorada de "cliente" é suspeita de matar e atear fogo em mulher

Campo Grande News

A pessoa suspeita de matar Viviane Rodrigues Matos, 31 anos, encontrada nua e com o corpo em chamas, há duas semanas, na Chácara dos Poderes, em Campo Grande, pode ser uma mulher. Segundo policiais que atuam no caso, ela seria namorada do homem que a vítima estaria tendo um relacionamento. Ela também era garota de programa.

As investigações que culminaram para essa suspeita tiveram início quando os peritos verificaram que parte do cabelo da vítima foi arrancada, algo que inclusive está no laudo do Imol (Instituto Médico Odontológico Legal). A partir daí, houve a hipótese do envolvimento de Viviane em uma briga, possivelmente por ciúmes, pouco antes da sua morte.

Os policiais “vasculharam” a vida de Viviane e inclusive a profissão dela teria sido fator primordial para a identificação de suspeitos. Para comprovar tal fato ou até mesmo identificar outra pessoa, o delegado Fábio Sampaio, responsável pelas investigações, pediu a quebra de sigilo telefônico, algo que ele aguarda receber nesta segunda-feira (23).

O Campo Grande News apurou que Viviane possuía um perfil na rede social, com vários fotos e no qual ela dizia estar “em um relacionamento sério”. Mesmo com o avanço nas averiguações, ainda não houve prisões.

Golpe - A avaliação com os restos mortais de Viviane também apontou uma morte com um golpe na cabeça, proveniente de uma enxada, pá ou uma pedra. Outra hipótese descartada com o decorrer das averiguações seria de que Viviane estava grávida.

“Assim que encontrada, a vítima estava com o abdome inchado e desconfiamos de uma suposta gravidez. Porém, logo em seguida constatamos que ela estava menstruada e o que se tratava realmente do porte físico dela”, explica o policial.

Viviane, natural de Rondonópolis (MT), estava na Capital há 4 anos e veio para trabalhar. A vítima estava em uma área de vegetação, na rua Cruz de Malta, próximo ao anel viário da BR-163. O documento de identidade da vítima foi expedido em São Paulo, o que dificultou as investigações, segundo Sampaio.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)