Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/06/2013 06:45

Nações Unidas dizem que há mais de 45 milhões de refugiados no mundo

Renata Giraldi*, Agência Brasil

Brasília – Às vésperas do Dia Mundial do Refugiado, comemorado amanhã (20), o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) informou que há mais de 45,2 milhões de pessoas no mundo que vivem fora de seus países (como refugiados). De acordo com o órgão, a maioria é formada de deslocados por conflitos. É o número mais elevado desde 1994. As guerras são a principal motivação dos pedidos de refúgio e nem crianças e adolescentes desacompanhados escapam dos esforços para viver longe dos conflitos.

O alto comissário para os refugiados, António Guterres, disse que a situação foi agravada pelo genocídio em Ruanda (África) e as consequências do desmantelamento da ex-Iugoslávia. Mas há também a crise na Síria, que dura 26 meses, e os conflitos envolvendo os palestinos e israelenses.

Os confrontos armados são a principal motivação dos deslocamentos, pois mais da metade (55%) dos refugiados no mundo são originários do Afeganistão, da Somália, do Iraque, da Síria e do Sudão. O Paquistão é o principal receptor de refugiados, com um total de 1,6 milhão de pessoas no fim de 2012. Em segundo lugar está o Irã, com 868.200, depois a Alemanha, com 589.700, e o Quênia, com 565.000.

As conclusões estão no relatório Acnur, Tendências Globais 2012. Pelos dados, no fim de 2012 o número total de exilados dentro ou fora de seus países chegou a 45,2 milhões: 15,4 milhões de refugiados, 937 mil requerentes de asilo e 28,8 milhões de deslocados internos.

Para Guterres, o "grande desafio humanitário" é cuidar das crianças que representarão 46% do total de refugiados. No ano passado, foi registrado o número recorde de 21.300 pedidos de asilo de crianças e adolescentes com menos de 18 anos, sem os responsáveis.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)