Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/07/2014 18:37

Na prorrogação, Bélgica derrota EUA e está nas quartas de final

FPF

Encerrando a rodada de oitavas de final da Copa do Mundo 2014, Bélgica e Estados Unidos se enfrentaram na Fonte Nova nesta terça-feira (1/7), com os belgas vencendo na prorrogação pelo placar de 2 a 1.

Logo no começo da partida, De Bruyne lançou Origi, que dominou e bateu para Howard fazer a defesa. A Bélgica se mostrava disposta a pressionar os norte-americanos, que procuravam se posicionar para aproveitar qualquer espaço em campo.

Aos 11 minutos, Mertens bateu escanteio e Fellaini tentou desviar, mas Cameron apareceu para o corte. A primeira boa chance dos Estados Unidos aconteceu aos 20, quando Dempsey participou de tabela com Bradley, e bateu na entrada da área com Courtois ficando com a bola.

De Bruyne teve a chance de abrir o placar aos 22, recebendo passe de Vertonghen e partindo pelo meio, mas não conseguindo acertar a direção do chute. A pressão belga se mostrava mais forte e com a equipe europeia conseguindo encaixar suas jogadas.

Yedlin entrou no lugar do lesionado Johnson aos 30 minutos. Os Estados Unidos procuravam pressionar e aos 40, Bradley fez a jogada para Yedlin, que deixou para Zusi arriscar, mas sem sucesso.

Em contra-ataque belga, Origi fez a jogada para De Bruyne bater de primeira e exigir a defesa do goleiro dos Estados Unidos. Os minutos finais foram mais equilibrados e com os dois times criando chances.

No primeiro minuto do segundo tempo, De Bruyne cruzou da direita para Mertens dar um toque de cabeça na bola e Howard se esticar para defender. Aos nove minutos, Vertonghen cruzou a bola e De Bruyne e Origi não conseguiram finalizar.

Em outra tentativa belga, Origi cabeceou bola cruzada da direita e a bola atingiu o travessão de Howard. A pressão ofensiva era da Bélgica, que tinha posse de bola e conseguia criar suas oportunidades.

Witsel bateu de fora da área aos 23 e mandou ao lado da meta de Howard. Três minutos depois, Mirallas fez o passe para Origi arriscar na saída do goleiro americano e desperdiçar a chance de abrir o placar.

Os Estados Unidos chegaram com Dempsey, que foi para o arremate e Courtois fez a defesa. A resposta belga veio na jogada feita por Orgi para Mirallas para arriscar na saída do goleiro mas sem sucesso.

A pressão da Bélgica seguia forte e Origi mandou chute forte da entrada da área, para nova defesa de Howard. Aos 42, Hazard apareceu pela esquerda e arriscou o chute cruzado que bateu do lado de fora da rede

Aos 44, Kompany tentou completar cruzamento da esquerda, mas pegou mal na bola e Howard foi para a defesa. Os Estados Unidos responderam em jogada na área que Jones desviou e Wondolowski, de frente para o gol, acabou colocando para fora.

Aos dois minutos do primeiro tempo da prorrogação, De Bruyne abriu o placar para a Bélgica, aproveitando jogada de Lukaku, dominou e abriu espaço para bater cruzado e vencer Howard.

Lukaku novamente fez a jogada aos cinco minutos, desta vez entregando a bola para Vertonghen tentar o chute e Howard defender. Os belgas passaram a segurar o resultado e os norte-americanos ganharam espaço em busca do empate.

Aos 14, Lukaku marcou o segundo gol belga, recebendo passe de De Bruyne para arriscar de primeira sem chances de Howard ficar com a bola.

Os Estados Unidos iniciaram a reação e marcaram o gol no primeiro minuto do segundo tempo com Green, que completou cruzamento de Bradley, tirar a chance de Courtois defender e fazer o gol.

Jones quase marcou o gol de empate aos dois minutos, aproveitou desvio de Wondolowski para arriscar o chute e mandar a bola para fora. A Bélgica respondeu com Lukaku, que fintou González e bateu para nova defesa de Howard.

Na tentativa de jogada ensaiada em cobrança de falta, Dempsey tentou aproveitar para o chute e Courtois fez a defesa. A Bélgica se segurou até o fim para garantir a vitória e a classificação.

Ficha Técnica

Bélgica 2 x 1 Estados Unidos

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA);

Árbitro: Djamel Haimoudi (ALG);
Assistentes: Redouane Achik (MAR) e Abdelhak Etchiali (ALG)

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Van Buyten, Kompany e Vertonghen; Witsel, Fellaini, Mertens (Mirallas), De Bruyne e Hazard (Chadli); Origi (Lukaku).
Técnico: Marc Wilmots.

Estados Unidos: Howard; Beasley, Besler, González e Johnson (Yedlin); Jones, Cameron, Bradley e Zusi (Wondolowski); Dempsey e Bedoya (Green)
Técnico: Jurgen Klinsmann.

Gols: De Bruyne (BEL) aos 2, Lukaku (BEL) aos 14 do primeiro tempo da prorrogação, Green (EUA) a 1 do segundo tempo da prorrogação

CA: Kompany (BEL) e Cameron (EUA)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)