Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/12/2013 18:15

Na mira Receita Federal, cartão de crédito é dedo-duro de sonegação

Aline dos Santos, Campo Grande News

O cartão de crédito tem auxiliado a Receita Federal na caçada aos sonegadores fiscais. É traçado um comparativo entre as informações das operadoras e as declarações do Imposto de Renda.

Caso os números se mostrem incongruentes, o contribuinte terá que se explicar. “Por exemplo, a pessoa gasta R$ 1 milhão no cartão de crédito e declara que recebeu R$ 100 mil”, afirma o delegado da Receita Federal , Flávio Barros Cunha.

No combate à corrupção, lembrado neste 9 de dezembro, dia mundial de luta, a Receita tem atuação preponderante, monitorando transações financeiras. A fiscalização da movimentação bancária se torna ponto de largada para descoberta de outros crimes, como fraudes com recurso público.

Ao estilo “siga o rastro do dinheiro”, a Receita investiga a sonegação e informa ao MPF (Ministério Público Federal), a quem cabe propor ação penal. A corrupção foi discutida nesta segunda-feira em seminário na Receita Federal, em Campo Grande.

Levantamento da CGU (Controladoria-Geral da União) aponta que 100% dos 79 municípios não cumprem a Lei da Transparência e nem a Lei de Acesso à Informação. Ou seja, o cidadão fica sem obter as informações sobre o uso do dinheiro público.

As duas leis já deveriam estar em pleno vigor, no entanto, a aposta ainda é no trabalho de conscientização. A CGU fará trabalho educativo por mais oito meses, em parceria com o MPE (Ministério Público Eleitoral).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)