Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/04/2005 14:28

Municípios poderão realizar convênio para cobrar ITR

Agência Câmara

Os municípios e o Distrito Federal poderão realizar convênio com a União para a fiscalização e cobrança do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), caso o Congresso aprove o Projeto de Lei 4896/05, apresentado pelo Poder Executivo. A realização da parceria não será obrigatória.
A medida busca aumentar os recursos destinados às prefeituras e ao Governo do Distrito Federal. De acordo com a Emenda Constitucional 42/03, o município que optar pela cobrança e fiscalização terá direito a toda a arrecadação do ITR. Se a Secretaria da Receita Federal for responsável por cobrar e fiscalizar o imposto, metade dos recursos permanecerá com a União.

Alívio
O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, explica que a medida representa um aumento de recursos aos cofres dos municípios. "Será um alívio às dificuldades orçamentárias pelas quais passa a maioria das cidades brasileiras", argumenta o ministro na justificativa do projeto. O texto do proposta, no entanto, enfatiza que não será permitida a redução do imposto ou qualquer outra forma de renúncia fiscal.
A proposta determina também que a Secretaria da Receita Federal estabeleça os requisitos necessários para a celebração de convênios.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)