Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/12/2008 06:48

Municípios podem adotar novos métodos de ensino

Agência do Rádio

A partir de dois mil e nove, estudantes de setecentas e trinta e cinco cidades brasileiras vão ter a chance de conhecer novas metodologias de ensino. A idéia é reforçar a educação de crianças com defasagem no aprendizado, ou seja, que não estão nas séries que deveriam estar, de acordo com a idade. Na Região Centro-Oeste, trinta por cento dos estudantes estão atrasados na escola em pelo menos dois anos. O Ministério da Educação está oferecendo a esses municípios três opções de programas educacionais pré-qualificados, criados por organizações não-governamentais. O projeto escolhido vai receber apoio técnico e financeiro do ministério para desenvolver a metodologia. Um dos recursos oferecidos é o Programa de Aceleração de Aprendizagem, do Instituto Alfa e Beto. O projeto, que já existe em outras cidades do País, oferece aos alunos material didático especializado, com novas tecnologias de ensino e acompanhamento próprio para os professores. Segundo o presidente do Instituto Alfa e Beto, João Batista Oliveira, recuperar o atraso escolar é importante tanto para os alunos, quanto para o sistema de ensino do município.


"Você tem dois alvos: um alvo é o aluno, que vai poder acelerar o aprendizado dele e voltar um pouco mais perto de onde ele deveria estar e isso dá a ele uma chance de concluir o ensino fundamental; para o sistema escolar, você vai dar uma eficiência maior, vai reduzir o número de alunos no sistema, porque tem muita gente que não devia estar lá, devia estar mais na frente, portanto, vai dar mais eficiência ao sistema como um todo e permitir que a educação, então, comece a melhorar a qualidade desde a base."

Ainda de acordo com o presidente do Instituto Alfa e Beto, as prefeituras dos setecentos e trinta e cinco municípios têm até o dia dezenove deste mês para escolher o método de ensino que vão utilizar no ano que vem.

Reportagem, Cynthia Ribeiro




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)