Cassilândia, Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

28/08/2020 10:47

Multado em R$ 390 mil por plantar eucalipto e criar gado em área protegida

Infrator foi localizado e notificado nesta quinta-feira (27), autuado administrativamente e multado em R$ 390 mil, multa agravada pela área ser protegida por lei.

Jovem Sul News
Multado em R$ 390 mil por plantar eucalipto e criar gado em área protegida

No dia 20 de agosto, a Polícia Militar Ambiental de Costa Rica esteve fazendo vistoria em área rural após receber denúncias sobre a colheita de eucalipto em área protegida.

O produtor rural foi multado em R$ 390 mil por plantio e colheita de eucalipto, construção de tanques e criação de gado em área protegida no entorno de do Parque das Emas, na divisa do município com o Estado de Goiás.

A partir da vistoria e confirmação do crime, a PMA começou a realizar levantamentos da área afetada por sobreposição de imagens de satélites e verificou que o fazendeiro plantou eucalipto no ano de 2010 e agora realizava a colheita, na área de preservação permanente de vereda (APP), definida conforme a Lei Federal nº 12.651/2012 (Código Florestal), no entorno do Parque Nacional das Emas.

Os Policiais mediram com GPS e a área protegida degradada perfez 52 hectares. Também foi utilizado drone para a caracterização do uso atual da área.

Nesta quinta-feira (27) o infrator, 67 anos, morador em Chapadão do Sul, foi localizado, notificado, autuado administrativamente e multado em R$ 390 mil, multa agravada pela área ser protegida por lei. Além de explorar a área protegida com plantio e colheita do eucalipto, também cria gado bovino em outro espaço de área de preservação permanente das matas ciliares do córrego da Lage, contribuindo com o assoreamento do curso d’água, que está dentro da propriedade. Outra infração que agrava as infrações anteriores, é que o proprietário também construiu dois tanques para criação de peixes dentro da área de preservação permanente.

O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada junto ao órgão e responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção.

Fonte: Jovemsulnews (Caroline Torres)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 29 de Outubro de 2020
Quarta, 28 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)