Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/12/2005 13:05

Mulheres vivem mais que homens diz pesquisa

A pesquisa Tábua da Vida 2004 divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que as mulheres estão vivendo cada vez mais do que os homens.

Em 1980, os homens viviam 6,1 anos menos que as mulheres. Em 2004, essa diferença subiu para 7,6 anos.

O Estado do Rio de Janeiro lidera a lista de diferencial de mortalidade por sexo. Em 1980, os homens fluminenses viviam 7,8 anos a menos. Em 2004, as mulheres fluminenses viviam 9 anos a mais do que os homens.

Em 2004, o Ceará apresentou o segundo maior diferencial, com 8,8 anos, seguido de São Paulo, com 8,6 anos. Segundo o IBGE, estes resultados estão relacionados a sobremortalidade masculina, particularmente entre jovens, ligada principalmente a causas externas, como acidentes de trânsito e homicídios.

A sobremortalidade expressa a relação entre as taxas específicas de mortalidade de homens e mulheres. O aumento gradativo da sobremortalidade explica o ritmo de crescimento mais lento da esperança de vida masculina, quando comparado ao da feminina. Embora nasçam mais homens do que mulheres, morrem menos mulheres do que homens.

Sobremortalidade masculina

Em 24 anos, a sobremortalidade masculina cresceu de forma significativa, principalmente entre os jovens de 15 a 34 anos. Em 2004, a mortalidade dos jovens do sexo masculino com idades entre 20 a 24 anos era quatro vezes maior do que do sexo feminino. Em 1980, essa relação era de 2 para 1.

No Estado de São Paulo, um jovem do sexo masculino entre 20 e 24 anos tinha, em 2004, seis vezes mais chances de morrer do que uma mulher do mesmo grupo etário.

Segundo o IBGE, a expectativa de vida do brasileiro, atualmente em 71,7 anos, poderia ser até 3,8 anos maior se a mortalidade na faixa dos 15 aos 39 anos caísse 80%.


Folhaonline

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)