Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

30/11/2004 06:59

Mulheres: principais vítimas do tráfico de seres humanos

Monique Colares/ABr

Brasília - Em uma escala global, as principais vítimas de tráfico de seres humanos são as mulheres, principalmente as jovens, crianças e adolescentes. Segundo o Escritório das Nações Unidas Contra Drogas e Crimes (UNODC), entre 800 e 900 mulheres brasileiras são levadas para o exterior por aliciadores a cada ano. Elas tem entre 18 e 21 anos e são solteiras com baixa escolaridade. Segundo estudos do UNODC, 83% das vítimas são mulheres e, desse total, 48% são menores de 18 anos.

Segundo a Conselheira do Centro de Referência, Estudos e Ações sobre Crianças e Adolescente (Cecria), Aldayr Brasil, quem recruta e alicia as meninas são, na maioria das vezes, pessoas próximas a elas. "São pessoas de confiança, conhecidos, que moram perto e que falam da possibilidade do tráfico. Só que apresentam o tráfico como uma possibilidade de ganhar dinheiro", explica.

Os aliciadores são, na maioria dos casos, homens com idades entre 31 a 40 anos, casados e com um bom grau de instrução. A atividade empresarial é a mais comum entre eles, incluindo ramos como o de casas de shows, boates, agências de matrimônio, táxis e agências de viagem.

Para aliciar as mulheres, o tráfico internacional costuma enganá-las com falsas promessas de emprego e melhoria das condições de vida. No exterior, terminam prisioneiras de redes de prostituição.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)