Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/11/2013 16:28

Mulher encontra vira-latas debilitado e diz que cão era usado para macumba

Campo Grande News

Um cachorro vira-latas de nome “Guri” foi encontrado em um terreno baldio no Jardim Veneza, em Campo Grande, com as patas amarradas, olhos fechados e muito doente. O fato ocorreu no dia 17 de outubro, quando uma auxiliar de serviços gerais, de 30 anos, retornava para casa e o encontrou. Ela garante que o animal foi vítima de "macumba". Ontem (2) Guri foi enviado à uma clínica para tratamento e o caso foi publicado nas redes sociais.

“Estava voltando do trabalho e apenas naquele dia mudei o meu trajeto, apenas para procurar o meu cachorro que estava perdido. Coincidência ou não, encontrei este animal. Em seguida liguei para minha amiga, que tem um lar temporário para bichos e levei até ela o Guri. Fiquei chocada”, conta a auxiliar.

Além da situação física em que ele estava, a auxiliar encontrou o animal amarrado, ao lado de velas e muita sujeira, acreditando que o cachorro tenha servido de oferenda aos santos. Já no lar temporário, o animal teve febre, permanecia trêmulo e com secreções no nariz. Ele recebeu os cuidados necessários e neste domingo foi levado para a clínica veterinária Bourgelat, na avenida Mato Grosso.

Redes Sociais - Quem viu a situação do cachorro ficou indignado e o caso foi parar no Facebook. “Vi o apelo da senhora que estava cuidando dele, pedindo ajuda para o tratamento e pedi o apoio desta clínica, onde sempre levo a minha cadela. Agora estamos fazendo uma campanha para poder pagar o tratamento dele e depois pensar na adoção”, comenta a advogada Adriana de Barros, 30 anos.

Havia suspeita de que o cão teve os dois olhos perfurados, mas isso não ocorreu. O Campo Grande News foi até a clínica para saber o estado do animal. Segundo o médico veterinário Marcelo Oliveira Santana, ele já recebeu a medicação, soro, mas continua muito magro e desidratado. O vira-latas ainda está com muitas feridos e excesso de pele nos olhos.

“Estamos com a suspeita de leishmaniose e cinomose, uma doença que tem tratamento, mas não tem cura. Por enquanto, o Guri não consegue andar e, se reagir bem, será um ótimo indicativo. Hoje passará por exames e a nossa esperança é que se recupere logo”, avalia Santana.

Animal passa por tratamento em clínica da Capital. (Foto: João Garrigó)Animal passa por tratamento em clínica da Capital. (Foto: João Garrigó)
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)