Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/08/2009 09:25

Mulher é condenada a indenizar irmão

TJMG

A 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou uma mulher a pagar indenização de R$3 mil ao comerciário M.G.P., seu irmão, por danos morais. S.G.P.F. denunciou o irmão indevidamente por porte ilegal de armas e, em função disso, ele teve sua casa revistada pela Polícia.

S.G.P.F e M.G.P se desentenderam numa discussão que, segundo o último, envolveu “agressões recíprocas, mas sem consequências graves, como costuma acontecer entre irmãos”.

Em seguida, S.G.P.F acionou a Polícia Militar e fez a denúncia. M.G.P. declarou aos policiais que não possuía instrumento de fogo. Entretanto, não só o comerciário, mas sua residência e seu automóvel foram revistados diante de sua esposa e do filho de dois anos de idade.

S.G.P.F. alegou que foi à moradia do irmão para visitar a mãe, verdadeira proprietária do imóvel e que, lá chegando, foi destratada e agredida por M.G.P., que chegou a chutar a porta de seu carro, amassando-a. Depois da chegada da força policial, os irmãos compareceram à delegacia para prestar depoimento e registrar boletim de ocorrência.

Em decisão de 1ª Instância, o juiz Jaubert Carneiro Jaques, da 4ª Vara Cível de Belo Horizonte, decidiu que não cabia indenização, uma vez que “os atos ilícitos eram vários e de ambos os lados e, além disso, as duas partes admitem as ofensas”.

O desembargador Gutemberg da Mota e Silva, todavia, reformou a sentença. O magistrado entendeu que houve dano moral, pois o apelante foi exposto a “situações humilhantes e constrangedoras”. Entretanto, considerando a existência de culpa recíproca, ele decidiu que, apesar do provimento dado ao recurso de M.G.P., a indenização deve ser mais baixa.

Votaram em concordância com o relator os desembargadores Alberto Aluízio Pacheco de Andrade e Pereira da Silva.

Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)