Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/11/2013 16:11

Mulher de 51 anos que desapareceu foi vítima do golpe de falso sequestro

Midiamax

Maria José Ferreira, de 51 anos de idade, que estava desaparecida desde a noite de segunda-feira (26), em Campo Grande (MS), já está em casa. Segundo informações de familiares, ela teria sido vítima do golpe conhecido como falso sequestro.

De acordo com relato da filha, Jéssica Ferreira, de 20 anos, a mãe recebeu um telefonema anônimo, afirmando que ela estaria sequestrada. “Ela recebeu a ligação e falaram que eu estava sequestrada. Tinha até mesmo a voz de uma mulher que chorava no telefone. Eles falavam o tempo todo que iam me matar. Minha mãe ficou apavorada e seguiu as instruções que deram para ela”, afirmou.

No telefone, os homens exigiram que Maria José saísse de casa e efetuasse um depósito em uma conta da Caixa Econômica Federal. A mulher estava com apenas R$ 500 na bolsa e efetuou o depósito.

Durante todo o tempo, os bandidos ordenavam que ela não desligasse o celular e sempre fazendo ameaças, como se estivessem com a filha dela.

Depois do depósito efetuado, a exigência foi para que ela se dirigisse até um motel e que ficasse lá até que conseguissem efetuar o saque.

Já na manhã desta terça-feira (26), Maria José deixou o motel, pegou um moto-táxi e foi para a casa de um dos filhos. Enquanto isso, os outros dois, inclusive Jéssica, que seria a vítima do “sequestro”, procuravam a delegacia para formalizar o boletim de desaparecimento.

“Foi um grande susto e agora estamos aliviados. Vamos passar a ter maiores cuidados a partir de agora. Felizmente tudo acabou bem”, afirmou Jéssica.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)