Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/07/2006 09:00

Mulher atira contra irmão e cunhada por causa de herança

Maria Lucia Tolouei/Dourados Agora

Após crime hediondo praticado contra um moto-taxista, espancado até a morte na quinta-feira passada e a fuga de presos na Máxima em Dourados, a semana já começa com outra ocorrência que choca a cidade. Uma discussão entre irmãos, supostamente por causa de herança, acaba com um morto e outro ferido.

O crime ocorreu por volta das 2h45 da madrugada desta segunda-feira na rua Dr. Camilo Hermelindo da Silva 4600, no Altos das Paineiras, bairro localizado adjacente ao Jardim Europa.

De acordo com a polícia, a acusada é Paula Fidelis, que já residiu em Dourados e no momento morava em São José do Rio Preto (SP).

Segundo a polícia, durante uma briga em família, Paula teria atirado contra o próprio irmão, o pecuarista Marco Antonio de Almeida Fidelis, 28 anos. Ele foi atingido no lado direito do peito. A esposa dele, a professora Quênya Alves de Almeida Fidelis, saiu em defesa do marido e também foi baleada. O projétil atingiu o lado direito e transfixiou o lado esquerdo do abdome dela.

Enquanto a acusada fugia, utilizando GM Corsa Sedan prata, vizinhos levaram o pecuarista ferido ao Hospital Santa Rita, onde passou por cirurgia.

Na casa onde ocorreu a tragédia, a professora ferida conseguiu acionar a Polícia Militar. Bombeiros e PM encontraram a vítima caída ao chão e ainda consciente. Tanto ela quanto o marido contaram aos amigos e policiais que foram baleados por Paula. Ele é irmã de Marco e cunhada de Quênya, com os quais teria uma desavença antiga por causa de herança.

Quênya foi encaminhada pelos socorristas bombeiros ao setor de Emergência do Hospital Evangélico, onde morreu quando recebia atendimento médico. O corpo de Quênya foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Dourados (IML). De acordo com algumas pessoas ligadas à família, a professora estaria grávida.

No local do crime, a polícia apreendeu uma pistola calibre 380 com nove munições e duas caixas munição pistola 635. No entanto, conforme levantamento preliminar, a polícia não acredita que os projéteis que atingiram o casal tenha saído da arma apreendida no local.
A polícia está no encalço da acusada e também da arma do crime. (Informou Sidnei Bronka)


Fonte: Douradosagora

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)