Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/04/2013 10:48

Mulher apaixonada sequestra o ex-namorado

Diárioweb
Criação elienyCriação elieny

Inconformada com o término do relacionamento de três anos, uma mulher surpreendeu até a polícia ao fazer uma “loucura” de amor para reconquistar o ex-namoro. Ela contratou dois homens para simular um sequestro e sequestrar o amado de verdade. Os sequestradores tinham orientação para deixar o casal a sós no meio de um canavial. Lá, ela tentaria convencê-lo a reatar o romance. A ocorrência policial foi registrada, ontem à tarde, em Fernandópolis.

A apaixona e mandante do crime M.E.A.F.S., 35 anos, contratou os irmãos G.S.B., 18 anos, e A.S.B., 22, para sequestrar o ex-namorado M.B.N, 20 anos. Ela disse que pagaria R$ 150 para os dois, quando o serviço fosse terminado. De acordo com o delegado Luiz Anonio Antunes, o trio abordou a vítima saindo do serviço, no bairro Parque Industrial. “Quando eles avistaram a vítima, que estava de bicicleta, o rapaz A.S.B. desceu do carro e, com uma arma em punho - uma garrucha calibre 380 - mandou que M.B.N. entrasse no veículo e sentasse no banco do fundo, com a cabeça baixa”, diz o delegado.

A vítima obedeceu a ordem, e sentou entre a ex-namorada, que estava com a cabeça escondida com uma camiseta e o suposto sequestrador. O outro envolvido no esquema, G.S.B. dirigia o carro. Ele pegou uma estrada de terra, perto do distrito de Brasitânia, que dava acesso à uma plantação de cana de açúcar. “Durante o caminho, a vítima reconheceu a voz da ex-namorada e já sabia que era armação dela”, diz o delegado.

Os falsos sequestradores deixaram o casal no canavial e voltaram para Fernandópolis. No caminho, eles foram presos pela Polícia Militar de Fernandópolis, que havia sido acionada pela própria vítima, logo após a saída deles. Uma viatura da polícia de Guarani D’Oeste encontrou a dupla sequestrada. “A mulher falava que estava passando mal e que tinha sido sequestrada junto com o namorado. Enquanto isso, os supostos criminosos já tinham entregado todo esquema para os policiais de Fernandópolis”, conta Antunes. Todos foram encaminhados para a delegacia.

Em depoimentos à polícia, a vítima contou que desde o termino do namoro, a mulher tentava reatar o relacionamento. “Eles teriam se encontrado algumas vezes de dezembro até agora, mas a vítima não tinha nenhuma intensão de namorar com ela novamente”, conta o delegado. Na delegacia, a apaixonada só dizia que queria falar com o amado e nada mais. “Ela não deu nenhum detalhe de como tinha arquitetado o sequestro de brincadeira. Mesmo sendo presa em flagrante ela falava que queria conversar com a vítima em particular”, afirma o delegado. A dupla de falsos sequestradores se calou quando chegou na delegacia.

O motorista do carro e a mandante foram presos por sequestro e cárcere privado. Ambos não tinham passagem policial. Foi arbitrada a fiança no valor de R$ 678 para ele e R$ 2083 para ela. Os valores foram pagos e eles foram liberados. Para A.S.B. que estava com a arma e abordou a vítima, o delegado decidiu prendê-lo por sequestro, cárcere privado e porte ilegal de arma. Ele foi encaminhado para a cadeia de Guarani D’Oeste. “O advogado de defesa apresentou uma documentação em que fala que a mulher é interditada judicialmente. Além de parecer ter algum distúrbio”, afirma o delegado.

Fonte: Colaborou Larissa de Oliveira

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)