Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/01/2006 17:13

Mudanças na conta telefônica vai ser aos poucos

Cristina Índio do Brasil/ABr

As mudanças no sistema de telefonia fixa terão que entrar em vigor gradativamente para facilitar a implantação por parte das concessionárias. Foi o que informou o gerente de acompanhamento e preços da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Vaderlei Campos, durante entrevista ao programa Notícias da Manhã, produzido pela Rádio Nacional.

O gerente disse que seria um impacto operacional muito grande montar toda a nova planta do sistema de telefonia de uma hora só. "Correríamos sério risco de ter problemas. O que está previsto é que até o final deste mês a concessionária terá que informar em que locais ele vai implantar a mudança até o final de julho. O que vai acontecer é que se ela não conseguir fazer a conversão até 31 de julho não poderá cobrar o serviço medido e cobrará somente a assinatura", explicou.

Na avaliação do técnico, a principal mudança para o consumidor é que a medição das ligações passará a ser feita em minutos, no lugar dos pulsos. "Passamos a tarifar a ligação local da mesma forma que ele está acostumado quando faz uma chamada para o celular ou de longa distância. Ele terá a conta discriminada e poderá observar o consumo para onde discou, o dia e a duração da chamada", esclareceu.

De acordo com a nova metodologia o consumidor residencial passará ter direito a 200 minutos de franquia, que antes era de 100 pulsos. Para os outros consumidores a franquia é de 150 minutos."De fixo para fixo como era com pulsos. Isso não muda", informou.

Campos destacou, ainda, que continuará existindo o horário de medição simples onde se pagava apenas um pulso por chamada. Agora o consumidor vai pagar um valor de chamada atendida independentemente da duração da ligação, nos horários de zero a seis horas da manhã de segunda a sexta-feira, nos sábados após as 14 horas e nos domingos e feriados nacionais durante todo o dia.

O gerente disse que não há definição sobre a cobrança gratuita do serviço de informações 102, porque depende do fechamento de uma consulta pública. "Tem um item com opiniões diversas e o conselho (administrativo da Anatel) ainda vai se manifestar sobre isso. É uma consulta que vai fechar no dia 16 de janeiro. Em princípio essa é a tendência", afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)