Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/07/2004 19:24

Mudança : Na indicação de faixa etária dos filmes

Caio d´Arcanchy / ABr

Entrou em vigor hoje portaria do Ministério da Justiça que estabelece critérios mais detalhados para a classificação indicativa de filmes nos segmentos de cinema, vídeo e DVD. Pelas novas regras, os produtores terão que indicar a faixa etária do filme produzido com as devidas justificativas. Informações sobre a classificação dos filmes também deverão receber destaque em traillers, locadoras ou nos locais de exibição.

Outra novidade é que crianças e adolescentes poderão ter acesso, mediante companhia ou autorização expressa dos pais, a sala de cinema em que o filme tenha recebido classificação imediatamente superior à idade do menor. As novas regras foram definidas por uma consulta pública realizada no fim de 2003 e que passaram a valer hoje com a publicação da portaria no Diário Oficial da União.

O diretor do departamento de classificação e títulos do Ministério da Justiça, José Eduardo Romão, disse que a portaria representa um avanço no tratamento da classificação, “ao reconhecer que os pais também são responsáveis por essa proteção”.

A opinião é compartilhada pelo presidente do Congresso Brasileiro de Cinema, cineasta Geraldo Moraes. Para ele, essas regras se adequam à nova realidade, ao priorizar a responsabilidade social de todas as partes envolvidas no processo. “Tivemos um período em que a censura era uma atribuição específica de governo. Mas, diante de toda a exposição das pessoas a uma variedade imensa de conteúdo, a saída é o aumento da responsabilidade porque o controle é cada vez mais difícil”, ressaltou.

Sobre a responsabilidade atribuída ao produtor de indicar a classificação etária do filme, Moraes disse que a novidade corrige uma distorção da época da censura. Segundo ele, isso vai permitir que sejam dadas as justificativas sobre determinadas cenas que nem sempre eram compreendidas pelo censor. “Já aconteceram várias vezes equívocod de classificação, contornados com o pedido de reconsideração do produtor. Isso facilita esse tipo de diálogo”, disse.

A nova portaria elimina a expressão “censura” na exibição dos filmes, que será substituída pela expressão “classificação indicativa”. Os produtores terão 30 dias para se adequar às novas regras para a classificação dos filmes, a partir de hoje.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)