Cassilândia, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

Últimas Notícias

30/05/2008 14:00

Mudança de horário: pedido de vistas adia parecer da OAB

Nadyenka Castro/Campo Grande News

O pedido de vistas do conselheiro da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Gervásio Alves de Oliveira Júnior, adiou o parecer da entidade sobre o projeto de lei que prevê mudança no horário de Mato Grosso do Sul.

Gervásio também sugeriu que o Conselho da OAB solicite parecer técnico dos conselhos regionais de Medicina e de Psicologia sobre supostos efeitos nocivos que o adiantamento de uma hora no horário pode causar à saúde.

A manifestação da OAB-MS sobre a proposta de mudança de horário foi solicitada ao presidente Fábio Trad por um grupo liderado pelo médico oncologista Adalberto Abrão Siufi e pelo cardiologista Luiz Ovando.

Eles afirmam que a mudança afetaria o ciclo biológico e causaria transtornos físicos à população, gerando estresse e desencadeando uma série de doenças. Sustentam, ainda, que a equiparação ao horário do Distrito Federal não implica, necessariamentre, em vantagens econômicas para o Estado.

Por enquanto, o argumento dos médicos dividem opiniões no Conselho da OAB. O processo teve voto favorável contra a mudança, do relator, o advogado Fabiano Stephanini. Entretanto, já há um voto contrário, do conselheiro Elias César Kesrouani, único a se manifestar antes do pedido de vistas que adiou a decisão.

O projeto em trâmite no Senado é de autoria dos senadores Delcídio Amaral (PT-MS) e Jayme Campos (DEM-MT) que busca igualar o horário de Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso ao do Distrito Federal. Um outro projeto, de autoria do senador Valter Pereira (PMDB-MS), prevê a realização de um prebliscito sobre a mudança.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Sexta, 26 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)