Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/02/2011 18:04

MT negocia suspensão de apreensões de máquinas agrícolas de produtores inadimplentes

Danilo Macedo, Agência Brasil

Brasília – O governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), teve reuniões hoje (8) em Brasília com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, e com o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, para reivindicar a suspensão das apreensões de máquinas agrícolas dos produtores inadimplentes por parte dos bancos das montadoras. O resultado das negociações até o momento é a sinalização do BNDES em criar um grupo de estudos para analisar a questão.

Segundo o governador, mais de mil produtores já estão sendo executados na Justiça e podem ter suas colheitadeiras e plantadeiras, entre outras máquinas usadas na produção, recolhidas. “Não podemos deixar que isso atrapalhe a produção”, afirmou. Barbosa disse que, no final da próxima semana, será feita uma reunião com o BNDES, o Banco do Brasil, montadoras e associações de produtores para continuação das negociações. “Vamos ver o que cada um pode ceder para chegarmos a uma solução”.

Barbosa disse que as taxas de juros dos empréstimos contraídos para aquisição de máquinas até 2006 são altas. Além disso, a inadimplência gerada pela falta de renda dos agricultores entre 2004 e 2007, com as quebras de safra e a volatilidade do câmbio, dificulta a tomada de novo crédito para a produção.

“Uma máquina comprada naquela época por R$ 350 mil, hoje, vale R$ 200 mil, mas o produtor ainda deve R$ 1 milhão à montadora. Assim, os produtores perdem a capacidade de produzir”, afirmou o governador. Barbosa disse que a dívida total ainda precisa ser calculada com base nas informações passadas pelos bancos, mas pediu que haja uma renegociação específica para seu estado.

Além das duas reuniões, o governador de Mato Grosso ainda tem um encontro marcado hoje com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, para pedir a liberação de recursos programados para obras de infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014. Cuiabá, a capital matogrossense, é um das cidades-sede do evento esportivo.

Edição: Lana Cristina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)