Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/07/2005 08:33

MT: Bandidos aplicam o "golpe da extorsão" em 36 pessoas

24horasnews

O medo da violência fez criar um novo tipo de golpe. É a extorsão aplicada através de um simples telefonema. Um total de 36 pessoas já foram vítimas em Mato Grosso. O número foi divulgado em reportagem do programa”Fantástico”, da TV Globo, no domingo, e ajuda a engrossar as estatísticas do que vem acontecendo em quase todo o Brasil. A matéria mostrou que o Rio de Janeiro é a origem de boa parte das ligações. O mais grave, contudo, é que os autores do golpe são bandidos que já cumprem pena. Dentro dos presídios, usam celulares para aterrorizar as vítimas. E qualquer um pode acabar vítima dessa situação.

A matéria mostrou que a vítima recebe o telefonema. O homem do outro lado da linha não se identifica. O autor da chamada parece saber tudo sobre os parentes da mulher. Começa a fazer ameaças. “Eu estava em casa, o celular tocou, eu atendi, era uma pessoa dando detalhes sobre meu filho. Nome dele, colégio em que ele estuda e dizendo que eu fizesse um depósito em conta bancária de R$ 5 mil” - conta um homem, que preferiu não ser identificado. “Foi quando ele falou pra mim que meu pai estaria seqüestrado, que eles estavam com meu pai, que estariam de posse dele, em poder dele. Nesse momento fiquei em pânico” - relata o músico Sérgio Neves.

Os bandidos exigem que as pessoas depositem dinheiro em contas bancárias de cúmplices que estão em liberdade. Ou então que comprem cartões de telefones celulares pré-pagos e revelem os códigos dos cartões. Assim, eles poderão fazer novas ligações para aplicar o golpe da extorsão por telefone.

“Tem ligações que acompanham a lista telefônica, tem ligações que acompanham classificados de jornais. Por exemplo, uma pessoa anuncia que tem uma moto e que está desejando vendê-la. Eles ligam para aquele número e falam: ‘Fulano, nós estamos aqui para extorquir, nós vamos sua família toda caso você não me dê R$ 5 mil’. Aí ele diz que não tem dinheiro e eles dizem: ‘Você tem dinheiro sim, tanto que você tem uma moto, com essas características e se você não pagar, nós vamos matá-lo quando você estiver em cima da sua moto’” - explica o delegado Luiz Ramos Filho.

Além de Mato Grosso, o golpe fez vítimas em grande número em Belo Horizonte, com 550 casos registrados; e no Rio de Janeiro, com mais de 500. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que não dispõe de estatística sobre o número de vítimas. Uma delas foi o homem que sofreu ameaças contra o filho pequeno. “O tom dele era de ameaça, ele ameaçou se você não fizer esse depósito daqui a tanto tempo eu vou invadir a sua casa, vou dar um tiro na cabeça do seu filho e você é o responsável por isso tudo”. As informações sobre a família foram passadas, inocentemente, pelo próprio filho da vítima, uma criança.

Na semana passada, de acordo com o “Fantástico”, agentes da 37ª Delegacia de Polícia do Rio identificaram sete detentos que praticavam o golpe. Todos faziam as ligações de um presídio que ainda não tem bloqueador de telefone celular. Foram presos também, esta semana, seis parentes dos presidiários, acusados de emprestar contas bancárias e sacar dinheiro para a quadrilha. “O sistema de inteligência do sistema penitenciário do Rio de Janeiro trabalhou de forma conjunta conosco e somente através deles foi possível identificação das pessoas que entram para visitar essas pessoas que estão presas”, afirma Ramos Filho.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)