Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/05/2005 09:50

MS:Laticínios vão ter que garantir mais qualidade no

Daniel Pedra

Os laticínios de Mato Grosso do Sul vão ter de garantir mais qualidade do leite que processam para atender as novas regras de produção expressas na Instrução Normativa nº 51 do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Uma das exigências é a coleta mensal de amostras do leite processado em todos os laticínios para serem enviada para um dos sete laboratórios hoje credenciados pelo Mapa, onde a qualidade do produto é verificada.

Também há outras exigências com relação à forma de acondicionar o produto e como ele deve ser transportado para os laboratórios. Temendo uma possível sobrecarga nos sete laboratórios hoje credenciados no Estado, o Mapa também está abrindo para a iniciativa privada a possibilidade de credenciamento de laboratórios capazes de prestar serviço para segmentos importantes como o da produção de leite e, dessa forma, atender as inúmeras exigências da Instrução Normativa 51, que estimula a produção de leite de qualidade.

Em Mato Grosso do Sul, os laboratórios da UCDB, Uniderp, UFMS, UEMS e um de Dourados receberam uma primeira visita da coordenadora de Laboratórios do MAPA, Maria Artiaga, acompanhada de representantes da Câmara Setorial de Leite de Mato Grosso do Sul e técnicos da SFA/MS (Superintendência Federal de Agricultura de Mato Grosso do Sul). Maria Artiaga explicou na oportunidade que são diversas as exigências feitas para que o Ministério da Agricultura aprove e credencie laboratórios para a realização de exames como os que são exigidos pela Instrução Normativa 51.

Ela informou na ocasião que hoje nenhum dos laboratórios visitados no Estado atende as exigências, mas citou o caso do Laboratório de Análises da UCDB como o que melhor poderá atendê-las, porém serão necessárias algumas providências, que implicam em investimentos por parte da instituição. A UCDB está disposta a investir, segundo informou o professor Walter Oshiro, que é responsável por este segmento na universidade católica.

Na próxima semana ele terá uma reunião com a reitoria da universidade para que comecem a ser definidas as providências necessárias, desde que se defina efetivamente pelo interesse em que o laboratório da UCDB seja credenciado. De acordo com a médica-veterinária Maria Aparecida P. de Oliveira, da SFA/MS, que coordenado o Programa Nacional de Melhoria da Qualidade do Leite em Mato Grosso do Sul, está sendo realizado também um amplo recadastramento das indústrias e dos produtores de leite de Mato Grosso do Sul, além de terem sido elaboradas cartilhas abordando aspectos importantes da Instrução Normativa nº 51 e que precisam ser de conhecimento tanto dos produtores como das 45 indústrias do setor leiteiro sul-mato-grossense.

Preocupada com a informação dos donos de laticínios a SFA/MS realiza na próxima segunda-feira, dia 1º de junho, no auditório da Famasul, em Campo Grande, uma reunião com todas as indústrias processadoras de leite do Estado. O principal palestrante do evento será o professor Albenones José de Mesquita, que é o responsável pelo Laboratório de Qualidade do Leite da UFGO (Universidade Federal de Goiás), onde o cumprimento das exigências da IN nº 51 está mais adiantado.


Daniel Pedra

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)