Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/01/2009 18:36

MS:Defesa Civil alerta para possibilidade de chuva forte

Agência Brasil

Brasília - A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) enviou alerta de chuva forte, para hoje (26) e amanhã (27), nos estados de São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Amapá, Amazonas, Tocantins, Rondônia, Acre, Pará, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. No alerta a Sedec informa que as pancadas de chuva podem vir acompanhadas de descargas elétricas e de rajadas de vento de 40 a 60 km/h.

O órgão recomenda que a população evite áreas de alagamentos e locais de risco de deslizamentos como encostas, morros e barreiras. Além disso, não trafegar em ruas sujeitas a alagamentos e lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes.

Até agora, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os estados mais afetadas pela chuva e permanecem em estado de alerta.

No município de Campanário (MG) o temporal do fim de semana destruiu estradas e pontes de acesso à cidade. Todas as pistas na altura do quilômetro 348 da BR-116 estão interditadas desde sábado (24), o asfalto cedeu impossibilitando a passagem de veículos.

Segundo o secretário de obras de Campanário, Aguimar Henrique de Sousa, a zona rural é a parte mais afetada, plantações foram destruídas e não tem acesso a região. “As pontes caíram, estamos preocupados pois as aulas começam na próxima semana e não sabemos como iremos fazer o transporte das crianças. Tudo indica que as chuvas irão continuar e a tendência é só piorar, precisamos agir logo, mas com essa quantidade de chuva fica difícil”, disse.

De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, ao todo 110 municípios decretaram situação de emergência e 39 comunicaram danos e prejuízos.

No estado do Rio de Janeiro a chuva já afetou 20.187 moradores, segundo o Departamento Geral da Defesa Civil do RJ (DGDEC/RJ). Um total de 12 municípios decretaram situação de emergência e em Cardoso Moreira foi decretado estado de calamidade pública.

Um levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro revelou a infestação da dengue decorrentes da chuva no município em nível acima da média nacional. De acordo com o estudo, enquanto em outras cidades brasileiras as equipes identificaram 1% dos focos de mosquitos nas casas, na capital fluminense a taxa já chegou a 2,92%. Apenas em janeiro, 85 casos de dengue foram notificados.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)