Cassilândia, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

23/12/2004 13:29

MS vai rever número de cargos comissionados no governo

Dourados News

O governo de Mato Grosso do Sul vai rever o número de cargos comissionados existentes, atualmente, cerca de 1,8 mil. A vistoria será feita a partir do recadastramento dos servidores, que será concluída em março. A resolução faz parte de algumas determinações acordadas hoje em reunião entre o governador Zeca do PT e secretariado e que serão publicadas em decreto no Diário Oficial na próxima segunda-feira.

Zeca do PT disse que uma comissão será formada para acompanhar as resolução e se estão surtindo o efeito necessário. Zeca não esclareceu de quanto seria o corte de comissionados, mas a revisão já começa em janeiro, prevista para ser encerrada em três meses. O facão já havia passado anteriormente; em 98, o número de comissionados chegava a 3,5 mil pessoas.

O grupo será formado pelo secretário Estadual de Receita e Controle, José Ricardo Pereira Cabral; o secretário de Coordenação, Raufi Marques, secretário de Gestão Pública, Ronaldo Franco e o superintendente da Central de Compras, Waldomiro Morelli. “Vamos buscar equilíbrio das contas para passar para o próximo ano, cumprindo a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal)”, disse Zeca do PT. No decreto, também constará o índice de cota destinado a cada secretaria. José Ricardo Pereira explicou que o valor depende de cada órgão, levando-se em conta a média de arrecadação do últimmo trimestre, reduzida em cerca de 10%.

Segundo ele, o índice ainda não foi fechado. A estimativa do governo é custar cerca de R$ 1,5 milhão por mês do custeio, que hoje representa R$ 25 milhões em gastos, com estimativa de chegar gradualmente a valor de R$ 22 milhões. O governador Zeca do PT deixou claro que o aperto de cinto será amplo, geral e irrestrito, incluindo, ele mesmo. “Nem eu vou escapar, com certeza”, disse, anteriormente.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 17 de Janeiro de 2017
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Domingo, 15 de Janeiro de 2017
12:53
Cassilândia
10:50
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)