Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/12/2004 13:29

MS vai rever número de cargos comissionados no governo

Dourados News

O governo de Mato Grosso do Sul vai rever o número de cargos comissionados existentes, atualmente, cerca de 1,8 mil. A vistoria será feita a partir do recadastramento dos servidores, que será concluída em março. A resolução faz parte de algumas determinações acordadas hoje em reunião entre o governador Zeca do PT e secretariado e que serão publicadas em decreto no Diário Oficial na próxima segunda-feira.

Zeca do PT disse que uma comissão será formada para acompanhar as resolução e se estão surtindo o efeito necessário. Zeca não esclareceu de quanto seria o corte de comissionados, mas a revisão já começa em janeiro, prevista para ser encerrada em três meses. O facão já havia passado anteriormente; em 98, o número de comissionados chegava a 3,5 mil pessoas.

O grupo será formado pelo secretário Estadual de Receita e Controle, José Ricardo Pereira Cabral; o secretário de Coordenação, Raufi Marques, secretário de Gestão Pública, Ronaldo Franco e o superintendente da Central de Compras, Waldomiro Morelli. “Vamos buscar equilíbrio das contas para passar para o próximo ano, cumprindo a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal)”, disse Zeca do PT. No decreto, também constará o índice de cota destinado a cada secretaria. José Ricardo Pereira explicou que o valor depende de cada órgão, levando-se em conta a média de arrecadação do últimmo trimestre, reduzida em cerca de 10%.

Segundo ele, o índice ainda não foi fechado. A estimativa do governo é custar cerca de R$ 1,5 milhão por mês do custeio, que hoje representa R$ 25 milhões em gastos, com estimativa de chegar gradualmente a valor de R$ 22 milhões. O governador Zeca do PT deixou claro que o aperto de cinto será amplo, geral e irrestrito, incluindo, ele mesmo. “Nem eu vou escapar, com certeza”, disse, anteriormente.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)