Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

17/10/2003 06:51

MS vai manter o período de defeso da Piracema de 3 meses

APn

Os conselheiros do Conpesca – Conselho Estadual da Pesca estiveram reunidos na tarde de hoje no auditório da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) para discutir a possibilidade de unificar o período de defeso da Piracema nos rios de domínio federal e estaduais (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), conforme foi proposto na semana passada em Brasília.

Após exposições dos trabalhos de pesquisa da Embrapa Pantanal o Conpesca definiu que Mato Grosso do Sul vai permanecer com a data de 03 de novembro até 31 de janeiros, período em que a pesca fica proibida nos rios de domínio estadual. O Ibama (Instituto Nacional de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) e o Governo de Mato Grosso solicitaram que o período de defeso seja o mesmo para os rios dos dois estados e para os rios de domínio da união, e que a pesca fique proibida por quatro meses, até o final de fevereiro.

Os conselheiros do Conpesca propuseram que haja uma reunião com o Estado de Mato Grosso para expor as razões da decisão e apresentar os estudos desenvolvidos pela Embrapa Pantanal e pelo Instituto de Meio Ambiente – Pantanal (Imap). Outra reunião será realizada com o Ibama sugerindo que o órgão utilize a mesma data para o período de defeso da Piracema nos trechos dos rios federais dentro do território de Mato Grosso do Sul.

Compareceram a reunião do Conpesca o Diretor da Fauna e Recursos Pesqueiros do Ibama de Brasília, Rômulo Melo e o Deputado Estadual Jerson Domingos.


Gislaine Balbinot - Sema

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Setembro de 2020
09:00
Santo do Dia
Domingo, 20 de Setembro de 2020
Sábado, 19 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)