Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/01/2011 10:11

MS teve a maior sobra de vagas do Sisu; saiba o motivo

Amanda Cieglinski, Agência Brasil

Brasília – Das 83.125 vagas oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) no primeiro semestre de 2010, 176 não foram preenchidas – 0,2% do total. Todas elas estavam reservadas para algum tipo de política afirmativa adotada pela instituição de ensino como cota para a população indígena ou candidatos com deficiência.

A Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) foi a que registrou a maior sobra de vagas: 79 ao total, todas reservadas para candidatos indígenas. A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) também teve um número grande de vagas não preenchidas, 64. A maior parte era destinada a alunos que cursaram todo ensino médio em escola pública e tinham ascendência indígena ou candidatos com deficiência.

Essas vagas ainda podem ser redistribuídas pela lista de espera, última rodada de seleção do Sisu que deve ocorrer entre os dias 13 e 17 de fevereiro. Esta etapa é feita depois de convocadas a segunda e a terceira lista dos aprovados. A partir daí, as instituições de ensino podem preencher as vagas remanescentes a seu critério por meio de uma lista que será gerada pelo sistema a partir da nota do Enem.

Entre os cursos em que há sobra de vagas há alguns bastante concorridos como engenharia elétrica e relações internacionais, na Unipampa.


Edição: Lílian Beraldo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)