Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

17/10/2017 09:00

MS terá sistema de aviso de alagamentos por celular a partir de 2018

Campo Grande News

O cadastro de celulares no sistema de alerta de riscos de alagamentos, temporais e deslizamentos de terra começou a valer desde ontem (16) nos estados do Paraná e Santa Catarina. No dia 16 de novembro, o serviço vai começar a ser oferecido também em São Paulo. Em seguida, será a vez do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo, que passarão a contar com o serviço a partir do dia 18 de dezembro. Em Mato Grosso do Sul, a previsão é de que o sistema comece a funcionar em janeiro de 2018.

Criado em janeiro desse ano, o sistema manda mensagens de texto (SMS) de alerta para os celulares em caso de iminência de desastres naturais. O serviço é gratuito e o envio das mensagens ficará a cargo do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e da Defesa Civil dos estados e municípios.

Pelo calendário de implantação, em janeiro de 2018, o sistema começará a valer para os estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás. Em fevereiro de 2018, será a vez do Distrito Federal, Mato Grosso e Tocantins. Os demais estados serão inseridos no sistema em 19 de março de 2018.

Os usuários de celulares receberão uma mensagem convocando para adesão ao projeto. "Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse", diz a mensagem.

Ao fim do cadastro, o usuário receberá uma mensagem que vai informar que o celular está apto a receber alertas e recomendações da Defesa Civil. Também será possível cancelar o serviço por mensagem de celular.

O sistema de envio de SMS para alerta de desastres começou a ser utilizado no Japão a partir de 2007 e, atualmente, também funciona em mais de 20 países. No Brasil, o projeto-piloto foi ativado inicialmente em 20 municípios de Santa Catarina, onde moram cerca de 500 mil habitantes. Em junho, outras cinco cidades do Paraná, com cerca de 100 mil moradores, passaram também a contar com o serviço. Essas cidades foram escolhidas por conta de eventos meteorológicos com potencial de acidentes, entre eles, ressacas, vendavais, alagamentos, enxurradas e granizo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 19 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Sábado, 18 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 17 de Novembro de 2017
19:49
Cassilândia
10:28
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)