Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/03/2009 09:23

MS terá 104 auditores para programa de rastreabilidade

Fernanda Mathias, Campo Grande News

Mato Grosso do Sul terá 104 auditores para o processo de credenciamento ao Serviço Brasileiro de Rastreabilidade da Cadeia Produtiva de Bovinos e Bubalinos (Sisbov/Eras). Na segunda-feira teve início o treinamento de 56 fiscais agropecuários, dos quais 46 da Iagro e 10 da SFA, que vão completar este quadro.

Hoje há 1.001 estabelecimentos rurais cadastrados pelas empresas certificadoras, na fila pelas auditorias.

O curso de capacitação vai até amanhã, na Iagro, em Campo Grande, abrangendo técnicos de 30 municípios.

Histórico – Com a recuperação do status de “Área Livre de Febre Aftosa com Vacinação” perante a Organização Mundial de Saúde Animal, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, solicitou à União Européia através de nota emitida no dia 01.12.2008, a inclusão do Estado, como área habilitada à exportar carne in natura para o bloco europeu.

De acordo com as novas regras do SISBOV, estipuladas na Instrução Normativa Mapa nº 17/2005, as propriedades rurais somente serão consideradas aptas à exportarem após atenderem todos os requisitos contidos no chek-list e aprovadas em auditoria realizada pelo Serviço Oficial.

Mato Grosso do Sul tem hoje o maior número de “Estabelecimentos Rurais Aprovados no SISBOV. S]ao 4.500 propriedades cadastradas. Porém, poucas são aprovadas na chamada lista traces, que efetivamente habilita as propriedades a exportarem. A previsão dos fiscais da Superintendência é que no próximo mês haja 20 propriedades aprovadas na Lista Traces. Seriam aproximadamente 10.000 animais.

Para o Fiscal Federal Agropecuário, Orasil Bandini, Coordenador estadual do Sisbov (SEDESA/SFA/MS), o grande gargalo enfrentado atualmente pelos pecuaristas do estado, é o fechamento temporário de alguns frigoríficos que possuíam habilitação para exportação e poderiam estar pagando um preço melhor pelos animais rastreados. Um bom exemplo disso é o Frigorífico Bertin de Lins/SP, que está pagando até 8% a mais pelo preço da arroba para animais provenientes de propriedades habilitadas e inscritas na Lista Traces.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)