Cassilândia, Sábado, 26 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

04/10/2003 10:03

MS tem o 7º Índice de Desenvolvimento Humano, revela ONU

Agência Popular

Atlas do Desenvolvimento Humano, divulgado ontem pela ONU (Organização das Nações Unidas) coloca o Mato Grosso do Sul em sétimo colocado no Brasil no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que serve de parâmetro para avaliar a qualidade de vida da população. Pelo estudo divulgado ontem, o Estado fica atrás do Distrito Federal, Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Paraná, os líderes no IDH.

Mato Grosso do Sul está a frente dos estados de Goiás e Mato Grosso, 8º e 9º no ranking. Para a elaboração do IDH são avaliados indicadores econômicos, como emprego e renda, e sociais, como educação, saúde e saneamento. O ideal é que se aproxime do número 1. No critério desenvolvimento humano, o Estado aumentou de 0,716 em 1991 para 0,778 em 2000. O aumento na educação foi maior, de 0,773 elevou para 0,864. A longevidade também aumentou, conforme o levantamento- de 0,699 subiu para 0,751.

Na renda está a menor avaliação- de 0,699 foi para 0,718. Em 1991, conforme o comparativo, o estado era o sexto do País neste quesito, à frente do Paraná.

Pela análise técnica, é apontado que somente o Sul do País deverá conseguir erradicar a pobreza até o ano de 2015. O maior crescimento da pobreza foi identificado no Norte do Brasil, saltando de 36% para 44% da população.

"Apesar de a pobreza ter começado a cair no começo dos anos 90, isso ocorreu de modo desigual - e não tão rápido quanto o necessário para o Brasil atingir a Primeira Meta do Milênio", informam os autores da análise. Entre o final da década passada e o ano de 2001, 9,9% dos brasileiros viviam com o equivalente a menos de 1 dólar por dia – dólar medido pela paridade do poder de compra. A Meta número 1 é reduzir esse valor a 4,95% até 2015. O Brasil tem um grande legado de altas de desigualdades. Os 10% de domicílios mais ricos tem uma renda 70 vezes maior do que a dos 10% de domicílios mais pobres, aponta o texto. O pior IDH foi registrado no Maranhão.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Setembro de 2020
Quinta, 24 de Setembro de 2020
14:18
Luto
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)