Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/02/2008 21:52

MS tem mais dois casos suspeitos de febre amarela

Marta Ferreira-Campo Grande News

O boletim divulgado hoje pelo Ministério da Saúde sobre a situação da febre amarela no País relaciona oito casos notificados em Mato Grosso do Sul, com uma morte. Do total de registros, quatro são de casos confirmados, dois em investigação e dois descartados.

A morte é a do empresário Nelson Machado, 44 anos, falecido na semana retrasada, depois de ficar internado no Hospital Universitário, em Campo Grande, vindo de Maracaju, provável local de contágio. Em relação a este caso, ainda falta a confirmação por um exame mais detalhado, que está sendo feito no Instituto Evandro Chagas, em Belém (PA). A sorologia, exame mais simples, confirmou a doença.

Os dois casos que ainda estão sob suspeita não haviam sido divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde. Hoje, o órgão confirmou que o quarto caso de contágio da doença no Estado foi no município de Água Clara, envolvendo uma turista vinda de São Paulo, assim como já havia ocorrido com os outros três casos confirmados, de pessoas que vieram do Estado vizinho, para passear em Bonito.

Em todo o País, até agora foram 51 notificações de casos suspeitos de febre amarela silvestre, ou seja, contraídos em região de mata. Destes, vinte e cinco casos foram confirmados, 13 provocaram a morte da vítima, ou seja, metade dos doentes faleceu. Outros 21 foram descartados para febre amarela e 5 permanecem em investigação desde o fim do ano passado, quando a doença ressurgiu.

Mato Grosso do Sul é o segundo estado em número de registros, atrás de Goiás, onde foram contaminadas 12 das 13 pessoas que morreram vítimas da doença desde dezembro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)