Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/05/2005 13:09

MS tem mais de 130 mil empresas informais, diz IBGE

O Estudo Economia Informal Urbana do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) realizado em parceria com o Sebrae em 2003, e divulgado na quinta-feira, dia 19, aponta que Mato Grosso do Sul possui 131.903 empresas informais. A metodologia do levantamento definiu como informais os empreendimentos de trabalhadores que atuam por conta própria ou de empregadores com no máximo cinco funcionários, localizados em áreas urbanas e que possuem contabilidade simples, baixa escala de produção, organização gerencial simples e quase nenhuma separação entre o capital e o trabalho, independente do registro na Receita Federal ou dos eventuais empregados no Ministério do Trabalho.

Juntas, essas empresas representam ocupação para 190.694 pessoas no Estado, o equivalente a 16,7% da população economicamente ativa de Mato Grosso do Sul, que segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) realizada pelo IBGE também em 2003, era de 1.135.399. Do total de pessoas que trabalham nesses empreendimentos, 73,2%, ou 139.756, são os donos do próprio negócio, e 26,7%, o que representa 50.938 pessoas, são funcionários.

A pesquisa mostra que desses proprietários, 62,8% são do sexo masculino e 37,2% do feminino, que 81,7% trabalham sozinhos na atividade e que os outros 18,2% além de atuarem, ainda contrataram até cinco funcionários. Em relação ao nível educacional desses empresários, o trabalho do IBGE/Sebrae revelou que a grande maioria, 34,8% têm apenas o ensino fundamental incompleto, 19,9% têm o ensino médio completo e apenas 9,5% concluíram o ensino superior.

Em contrapartida, o perfil traçado pela pesquisa revela que a maior parte dos empregados das empresas informais, 40,3% não têm carteira assinada, e que alguns, 22,9%, que devem pertencer às famílias dos proprietários, sequer tem remuneração. Nesses empreendimentos apenas 35,4% contam com o benefício do registro na Carteira de Trabalho. Ainda em relação aos funcionários da “informalidade”, uma parcela expressiva, 29,1% têm apenas o ensino fundamental incompleto, 27,5% chegou a concluir o ensino médio e somente 1,8% terminou o terceiro grau.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)