Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

09/06/2017 07:20

MS tem 4 mortes por leishmaniose e alerta vermelho na Capital e mais 3 cidades

Midiamax

 

O ‘alerta vermelho’ da leishmaniose visceral está aceso em Campo Grande e mais 3 cidades de Mato Grosso do Sul. Só nos primeiros meses, 2017 já registra 4 mortes, quase o total de óbitos de 2016, quando 6 pessoas morreram em decorrência da doença. Os dados são da SES (Secretaria Estadual de Saúde).

Além de Campo Grande, Corumbá, Ladário e Dourados registraram óbitos. Já são registrados 49 casos em todo o Estado, quase a metade dos casos que ocorreram em 2016: 102. Ainda assim, o número tem diminuído desde 2013.

O ano de 2012 foi o ano em que mais casos da doença foram registrados: 330. Em 2015, Mato Grosso do Sul registrou 126 e em 2016, 102. O Ministério da Saúde explica que a leishmaniose visceral costumava ser uma doença de caráter ‘rural’.

“Mais recentemente, vem se expandindo para áreas urbanas de médio e grande porte e se tornou crescente problema de saúde pública no país e em outras áreas do continente americano, sendo uma endemia em franca expansão geográfica”, alerta o Ministério.

A transmissão acontece quando fêmeas de insetos flebotomíneos infectados picam cães ou outros animais infectados e depois pica o homem transmitindo o protozoário Leishmania chagasi. Os sintomas são febre de longa duração, perda de peso, astenia, adinamia e anemia.

O Ministério esclarece que, quando não tratada, a doença pode evoluir para óbito em 90% dos casos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)