Cassilândia, Domingo, 19 de Maio de 2019

Últimas Notícias

17/04/2019 18:00

MS tem 2ª maior taxa e fica na principal faixa de transmissão da dengue

Campo Grande News

Mato Grosso do Sul está na principal faixa de transmissão de dengue e tem a segunda maior taxa da doença. Conforme o jornal Folha de São Paulo, as maiores taxas ficam no Tocantins (687 casos a cada 100 mil habitantes), seguido por Mato Grosso do Sul (519 casos/100 mil habitantes).

A lista ainda tem Goiás (479 casos por 100 mil habitantes), Acre (468 casos por 100 mil habitantes), Minas Gerais (388 casos por 100 mil habitantes) e Espírito Santo (304 casos por 100 mil habitantes).

A principal faixa de transmissão da dengue inclui Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Com epidemia da doença, provocada pela reintrodução do vírus tipo 2, Campo Grande entrou no projeto piloto do Ministério da Saúde que vai usar uma “arma” científica no combate ao Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika e febre chikungunya.

Mosquitos infectados com a bactéria Wolbachia serão liberados no meio ambiente. A bactéria inibe a transmissão dos vírus e, conforme os pesquisadores, é segura para a saúde das pessoas.

A previsão é de que o trabalho comece no segundo semestre em Campo Grande. Conforme o pesquisador, as etapas incluem divulgação de informações, questionário para obter aprovação da população e a preparação dos mosquitos. A dengue matou 11 pessoas e registrou 21 mil notificações em Mato Grosso do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 19 de Maio de 2019
13:49
Costa Rica
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
05:03
Campeonato Brasileiro de Futebol
Sábado, 18 de Maio de 2019
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)