Cassilândia, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

13/05/2010 19:25

MS tem 1 dos 4 municípios com conselho de direitos gays

Campo Grande News/ Ângela Kempfer

Em todo o Brasil, apenas quatro municípios têm conselhos municipais de defesa dos direitos de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. Uma dessas exceções está em Mato Grosso do Sul.

Amambai é destaque no levantamento divulgado nesta quinta-feira pelo IBGE, com perfil dos municípios brasileiros.

No País, 126 cidades informaram ter políticas específicas para esse grupo, o que significa 2,3% do total de municípios do País.

Em relação a existência de conselhos, também estão na lista São Paulo (SP), Pelotas (RS) e Diadema (SP).

O IBGE adverte que outros locais também pode já ter criado esse espaço de discussão, fiscalização e propostas de ações voltadas aos homossexuais, mas não informaram aos pesquisadores.

Pelos dados do IBGE, os conselhos mais presentes nas cidades, em 2008, eram os tutelares (55%) e de Direitos da Criança e Adolescente (71,9%).

Luta - A presidente da Associação das Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul, Cris Stefany, avalia que a dificuldade de criação de conselhos que representem os homossexuais é resultado do pouco tempo do movimento organizado em Mato Grosso do Sul, “mas já avançamos muito nas discussões com poder publico para a implantação”, garante.

Segundo ela, atualmente as entidades que representam esse público já estudam regimentos de outros locais onde foram criados conselhos para conhecer as experiências e defender a idéia em Campo Grande e no interior.

“Esses conselhos têm o poder de pressão, cobrança, denúncia, combate à homofobia, ações para fortalecer a nossa luta”, lembra.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 23 de Fevereiro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)