Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/01/2007 07:07

MS - Soldados são capacitados para mercado de trabalho

Sebrae
Cassilândia NewsCassilândia News

Soldados são capacitados para mercado de trabalho

No ano de 2004, o Governo Federal criou o Programa Soldado Cidadão, que beneficia cerca de 30 mil soldados por ano, através de acesso a cursos de capacitação e formação profissional. O objetivo é oferecer aos militares a oportunidade de freqüentar um curso profissionalizante, criando melhores condições de competir no mercado de trabalho.
No Estado de Mato Grosso do Sul, foram capacitados nestes três anos do programa, cerca de 3.000 soldados; em 2006, foram 535, de Campo Grande, Corumbá, Dourados, Ponta Porã, Jardim, Coxim, Três Lagoas, Amambaí, Bela Vista e Nioaque.
Participam do projeto o Ministério da Defesa, através da Fundação Cultural Exército Brasileiro (Funceb) e do COMAER (Comando Militar da Aeronáutica), além do Ministério do Trabalho e Emprego e as Entidades do Sistema “S”, entre elas, o Sebrae.
Uma das ações de peso é a disseminação e estímulo à cultura empreendedora entre os jovens, através do treinamento “Orientação para o empreendedorismo”, com carga horária de 16 horas, oferecido pelo Sebrae – sendo a última etapa do programa.
Nas demais etapas do programa, os soldados participam de cursos profissionalizantes, direcionados para a área de atuação, como o de Técnicas Básicas de Cozinha, oferecido pelo Senac, e o de Cabista (instalação de rede de telefone) e Eletricista Predial, ministrados pelo Senai.
Segundo a consultora do Sebrae em Mato Grosso do Sul e coordenadora do programa no Estado, Edy Ponzini, o objetivo é preparar os soldados para o mercado de trabalho, oferecendo treinamento com qualidade e noções de empreendedorismo para buscar oportunidades de negócios. “Queremos conscientizá-los através do curso de empreendedorismo, preparando-os para entrar no mundo do trabalho civil, após ter completado o tempo de serviço militar. A importância e a oportunidade de conhecer os conceitos sobre empreender, sobre o mercado e administração financeira serão fundamentais para novos e futuros negócios”, explica.
Para o soldado Vilhalva, que já concluiu o programa em dezembro de 2006, a capacitação é um diferencial para quem pretende ingressar no mercado. “Depois de ter participado dos cursos, todos esses cabos e soldados terão outras expectativas quando saírem do Exército, pois estarão mais preparados”, afirma.
O coordenador regional do programa, major Antônio José Ribeiro, ressaltou que a iniciativa é muito importante, pois muitos jovens deixam o serviço militar sem perspectivas de trabalho, e muitos têm dificuldades de inserção no mercado, que está cada vez mais competitivo e exigente. “Esses jovens que participaram do programa podem se sentir vitoriosos, pois sairão daqui preparados e encaminhados para o mercado de trabalho”.
IPGN – Para complementar o aprendizado, os soldados podem participar do curso “Iniciando um Pequeno Grande Negócio (IPGN)”, oferecido pelo Sebrae via internet. O curso é gratuito e tem duração de 60 dias, orienta o empreendedor a organizar suas idéias e recursos, indicando um roteiro com os principais aspectos a serem considerados no planejamento e abertura de um negócio. As inscrições podem ser feitas através do site (http://ipgn.iea.com.br).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)