Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/09/2008 07:12

MS: Quase 500 pessoas aguardam por um transplante

Agência do Rádio

No Mato Grosso do Sul, quinhentas pessoas esperam por um transplante de órgãos. Na maioria dos casos, os órgãos usados nos transplantes vem de doadores com morte cerebral. É a família do doador que autoriza a retirada dos órgãos. O problema é que muitos familiares não sabem se, em vida, o possível doador tinha esse interesse e acabam não autorizando a doação. Segundo a coordenadora da Central de Transplante de Órgãos do Mato Grosso do Sul, Claire Miozzo, isso acontece porque o doador não esclarece a sua vontade em vida para a família. Por isso, ela acredita que é importante conversar mais sobre o assunto.


"Esse assunto precisa ser desmistificado, as pessoas precisam conversar sobre isso, deixar bem claro para a família da sua vontade em vida e pensar também que ninguém está livre de precisar de um transplante. Então eu acho que as pessoas precisam conversar sobre isso, não é um assunto agradável, você fala de doação, você está falando de morte, mas eu acho que a gente tem sempre que pensar no lado bom disso, que quando você doa órgãos e tecidos, você doa vida."

A coordenadora da Central de Transplante de Órgãos do Mato Grosso do Sul lembra que também é possível doar órgãos em vida, tais como rins, parte do fígado e do pulmão. Ela afirma que as leis de transplantes de órgãos brasileiras são bastante rígidas, o que garante que o órgão chegue de fato a quem está

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)