Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/11/2014 14:44

MS produz apenas 40% de banana consumida no Estado

Campo Grande News

A demanda interna por banana é superior ao que é produzido em Mato Grosso do Sul. A produção corresponde a apenas 40% do que é consumido no Estado, segundo o instrutor do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso do Sul), Nestor Pereira. O especialista explica que a fruta rende ao produtor lucro de até R$ 2 mil por hectare ao mês.

Em vista da falta de produção para dar conta da demanda, o Senar capacita produtores de Sidrolândia, a 71 quilômetros de Campo Grande, e região. O curso “Plantio e Manejo Básico de Pomar – Cultivo de Banana” começa na próxima segunda-feira (17) e se estende até quarta-feira (19).

Dicas – O instrutor dá orientações para quem quer lucrar com o plantio da fruta, que é rica em potássio. Antes de tudo, o produtor deve passar por capacitação e fazer análise de mercado. Esses são os dois primeiros passos, segundo Nestor. “O produtor precisa adquirir conhecimento tecnológico e analisar para quem ele poderá vender o que for colhido”, explica.

Detalhar os gastos com mudas selecionadas, irrigação, adubação orgânica e práticas conservacionistas, como a viabilização de quebra-ventos, que protegem os bananais é o terceiro passo para ter sucesso no negócio. “Nessa etapa o produtor desembolsa em média de R$ 8 mil a R$ 10 mil por hectare”, detalha. Conforme o instrutor, após o plantio o bananal leva de 12 a 18 meses para entrar em ponto ideal de colheita. O quilo da banana é vendido em Mato Grosso do Sul por, em média, R$ 1 (nanica) e R$ 2 (maçã).

A vantagem na produção da fruta é que pode-se aproveitar o que não for vendido e até mesmo unidades danificadas. “Industrializar a produção e transformar em doces é a chance de continuar lucrando com o que seria desperdiçado”, destaca Pereira, ao lembrar que a lucratividade neste aproveitamento é maior.

Na próxima semana, o Senar realiza ainda cursos de cultivo de Maracujá em Bela Vista, a 322 quilômetros de Campo Grande e de Abacaxi em Taquarussu, a 332 quilômetros da Capital. Os dois cursos ocorrem de 18 a 20 de novembro. Mais 72 qualificações são oferecidas pela entidade na semana de 17 a 21 de novembro. Os interessados podem acessar o site www.senarms.org.br ou liguar para 3320-9700.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)