Cassilândia, Segunda-feira, 30 de Novembro de 2020

Últimas Notícias

19/11/2020 15:30

MS pode reativar leitos de UTI, mas descarta remontar Hospital de Campanha

Fonte: Midiamax

Redação
MS pode reativar leitos de UTI, mas descarta remontar Hospital de Campanha

O número de novos casos de coronavírus tem aumentado e somente nesta quinta-feira (19) foram registrados mais 575 novos diagnósticos em Mato Grosso do Sul. Diante da possibilidade de um novo crescimento da doença, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) afirma que possui os equipamentos necessários para a internação dos pacientes, caso precise reativar leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

No último mês, houve uma estabiização da doença em MS. Por isso, alguns leitos foram desativados. “Temos 239 casos de internação, é um número bastante otimista, em relação aos últimos três meses é a menor taxa de ocupação de leitos de UTI no estado, com pacientes de Covid”, explicou o secretário Geraldo Resende, durante a live no dia 5 de novembro. Ao todo, foram desativados 75 leitos clínicos adulto e 139 leitos de UTI adulto.

Com o súbito crescimento na curva de casos, a situação dos leitos de UTI no Estado será discutida em reunião. “Nesta sexta-feira ocorre reunião da CIB (Comissão Intergestora Bipartite) com os secretários municipais de saúde dos 79 municípios do Mato Grosso do Sul. Uma das pautas da reunião é em relação os leitos de UTI em MS”, informou a secretaria.

Por enquanto, o estado não cogita a remontagem do Hospital de Campanha. O Hospital de Campanha do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) começou a ser desmontado em agosto, devido à falta de uso. O Estado desembolsou mais de R$ 1,2 milhão no aluguel de contêineres por 90 dias em maio para montar a estrutura, além de tendas, que foram retiradas.

Mato Grosso do Sul já soma 90.229 casos confirmados de Covid-19, com 575 novos registros nesta quinta-feira (19). Foram registradas mais seis mortes, totalizando 1.705 óbitos conforme o boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado pela SES.

 

a desativação de hospitais em nosso Estado,foi precipitada,pois, estamos em forte pandemia mundial.
 
JOAQUIM ALVES DIAS em 19/11/2020 16:38:45
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 30 de Novembro de 2020
Domingo, 29 de Novembro de 2020
Sábado, 28 de Novembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)