Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/10/2005 16:07

MS passa a ter vara só para julgar lavagem de dinheiro

Maristela Brunetto/Campo Grande News

A Justiça Federal passa a ter em Mato Grosso do Sul uma vara para julgar somente os casos de lavagem de dinheiro e também processos de tráfico relacionados com a atividade financeira ilegal. Os processos, cerca de 200, serão julgados pelo juiz Odilon de Oliveira, da 3ª Vara Federal de Campo Grande. Todos os processos que estão distribuídos serão concentrados na vara, que terá equipe especializada.
O magistrado comentou que a medida, publicada hoje em Diário Oficial pelo Tribunal Regional Federal de São Paulo, instância superior da Justiça Federal de MS, deve agilizar a tramitação e julgamento dos crimes financeiros. Oliveira admitiu que houve casos de prescrição em função do ritmo de tramitação. O juiz cita que há processos ingressados há mais de dez anos.
Oliveira acredita que tenha selecionado pessoal, recebido processos e esteja com a vara estruturada em dez dias. Os processos cíveis e outros criminais serão distribuídos para outras varas federais de Campo Grande.
O magistrado comenta que até hoje, os processos referentes a crimes contra o sistema financeiro- além da lavagem há a remessa ilegal de recursos ao exterior e sonegação- eram colocados na “mesma fila” dos demais. “Agora vão ter andamento diferenciado”, citou.
O juiz foi informado que a Polícia Federal terá também um grupo especializado nos crimes financeiros, o que deve agilizar a elaboração de inquéritos para futuras denúncias pelo Ministério Público Federal.
Conforme Odilon, os processos sobre lavagem e evasão são complexos, o que exige maior dedicação da Justiça. Ele comentou que chegou a julgar um caso em que a ação já acumulava mais de 500 volumes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)