Cassilândia, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

26/03/2009 18:24

Ms: Parlamentares cobram manutenção do preço da energia

Cadú Bortolotto, Assessoria

Integrantes da bancada federal e estadual de Mato Grosso do Sul se reuniram na tarde desta quinta-feira, 26, com dirigentes da Agência Nacional de Energia Elétrica-ANEEL, em Brasília, para explicar que a tarifa de energia no estado não poderá ser reajustada em 8 de abril, como prevê o contrato de concessão firmado com a Enersul.

Participaram do encontro com o presidente Nelson Hubner e o diretor Romeu Rufino, o senador Delcídio do Amaral(PT) , o deputado federal Dagoberto Nogueira Filho (PDT) e os deputados estaduais Jerson Domingos (PMDB), Paulo Duarte (PT), Dione Hashioka (PSDB), Paulo Correa (PR) e Marcos Trad (PMDB).

"Viemos a Aneel registrar a nossa preocupação com os reajustes tarifários contratuais previstos para o dia 8 de outubro. O consumidor sul-mato-grossense foi lesado quando a Enersul cobrou a mais a tarifa de energia , trazendo prejuízos a toda a população. Nosso objetivo é defender o acordo feito pela Enersul com o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Jerson Domingos, com os demais deputados da Assembléia e com o governador André Puccinelli, no sentido de congelar a tarifa de tal maneira a compensar os recursos adicionais recebidos pela Enersul desde 2003, de uma forma absolutamente errada e incompatível com o que uma empresa de energia deveria fazer nas relações com seus clientes”, explicou Delcídio.

De acordo com o senador, a posição dos deputados estaduais e da bancada federal é unânime.

“Nós vamos acompanhar os procedimentos de definição desse reajuste tarifário e tomaremos as medidas judiciais cabíveis caso o acordo não seja cumprido, na defesa dos consumidores sul-mato-grossenses e do desenvolvimento econômico e social no nosso Estado”, alertou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Novembro de 2017
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)