Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/03/2004 10:49

MS ocupa a 9º posição em qualidade de vida para jovens

Agência Popular

Mato Grosso do Sul tem o 9º melhor IDJ (Índice de Desenvolvimento Juvenil), segundo Relatório de Desenvolvimento Juvenil, divulgado esta semana pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O levantamento foi feito em 2003 e, para chegar ao índice, a organização cruzou indicadores relacionados às condições de saúde, educação, renda e violência para a juventude.

O desempenho na educação influiu bastante na pontuação alcançada por Mato Grosso do Sul, que ficou à frente de estados como Mato Grosso (10º), Espírito Santo (11º) e Rio Grande do Norte(12º). Na educação foram utilizados dados sobre o analfabetismo, a escolarização adequada e a qualidade do ensino. Santa Catarina, Distrito Federal e Rio Grande do Sul são os estados onde as pessoas com idade de 15 a 24 anos vivem melhor.

O relatório também utilizou informações sobre o desempenho dos alunos nas provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB/MEC) de 2001, que mediram os conhecimentos de português e matemática de alunos de todo o Brasil. Estudantes do ensino médio de Mato Grosso do Sul obtiveram média de 288,5 pontos na prova de matemática, e 275,1 na de português. As médias nacionais são: 276,7 de matemática e 262,3 de português.

“Fiquei contente com os resultados dessa pesquisa, porque estão confirmando para a sociedade os investimentos do Governo Popular em Educação desde 1999”, diz o secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima.

De acordo com o relatório, o Estado tem 0,4% de analfabetos entre os jovens de 18 e 19 anos, que o coloca em primeiro lugar. Hélio de Lima já considera esse dado como resultante do trabalho feito com o programa Brasil Alfabetizado Mova-MS Alfabetizado, que alfabetizou mais de 43 mil pessoas no Estado em 2003.

O secretário menciona outro levantamento sobre o bom desempenho de Mato Grosso do Sul na educação. “Segundo o Ministério da Educação (MEC), em 2002 tínhamos fora da sala de aula menos de 3% das crianças em idade escolar. Isso é reflexo da ação do governo estadual, de garantir o acesso ao ensino à toda a população.

O Relatório de Desenvolvimento Juvenil de 2003 e o IDJ foram elaborados com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do IBGE, do Subsistema de Informações de Mortalidade, do Ministério da Saúde e do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Básico, do Ministério da Educação.

Anderson Carvalho - SED

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)